CM Coimbra já integrou 54 trabalhadores no âmbito da regularização extraordinária de vínculos precários

O presidente da Câmara Municipal (CM) de Coimbra, Manuel Machado, assinou, esta manhã, mais 47 contratos de trabalho por tempo indeterminado, resultantes dos procedimentos concursais para a regularização extraordinária dos vínculos precários na administração pública (PREVPAP).

Manuel Machado salientou que este é um “dia especial” e “marcante para a vida de cada um de vós e para a vida de cada um de nós”, evidenciando que este procedimento de regularização extraordinária pretende “criar melhores condições de trabalho para as pessoas que já trabalharam na Câmara Municipal, nas mais diversas áreas e funções”.

O autarca destacou que a missão do serviço público é de “servir a nossa comunidade, com empenhamento, profissionalismo e dedicação”. Manuel Machado terminou desejando a todos os presentes, em nome da Câmara Municipal de Coimbra, “um bom Natal e um próspero Ano Novo”.

Recorde-se que o executivo camarário aprovou, na sua reunião de 19 de março, a abertura de uma fase prévia de reconhecimento dos postos de trabalho abrangidos pelo PREVPAP, criado pelo Governo, tendo, a 7 de maio, aprovado a proposta de reconhecimento de 64 postos de trabalho identificados como consubstanciando necessidades permanentes dos serviços sem o adequado vínculo jurídico. Destes, 21 são para postos de trabalho da carreira de técnico superior e 43 da carreira de assistente operacional. A 29 de novembro foram assinados e regularizado os primeiros sete vínculos precários, tendo-se seguido hoje o mesmo procedimento para com outros 47 trabalhadores.