Residência Ganhar Autonomia:

 

Designação do projeto: “Residência Ganhar Autonomia”;

Código do projeto: CENTRO-09-2316-FEDER-000093;

Objetivo principal: Preservar e proteger o ambiente e promover a eficiência energética;

Região de intervenção: Centro – Região de Coimbra;

Entidade beneficiária: Município de Coimbra;

 

 

Data de aprovação: 21.02.2019;

Data de início: 09.06.2017;

Data de conclusão: 30.06.2021;

Investimento total: 982.285,45 €;

Investimento elegível:982.285,45 €;

Apoio financeiro da União EuropeiaFEDER (85%): 834.942,63 €;

 

 

Objetivos, atividades e resultados esperados/atingidos: A candidatura consiste na reabilitação do edifício conhecido como “Casa das Cruzes”, situado no Palácio dos Confusos e na Rua das Esteirinhas, no centro histórico de Coimbra. O edifício é composto por 4 pisos e pretende-se demolir parcialmente o seu interior e reabilitar o interior do edifício, com o objetivo de:

 

Promover melhorias generalizadas do imóvel, que apresenta problemas patológicos de funcionamento, de infiltrações e de degradação dos materiais;

  • Implementar melhorias nas condições de habitabilidade com a introdução de unidades de alojamento;
  • Promover melhorias ao nível térmico e acústico de modo a contribuir para a melhoria da sustentabilidade energética do edificado;
  • Promover melhorias nos espaços comuns do imóvel, com a reabilitação do espaço exterior e a criação de iluminação e ventilação com a criação de um pátio no interior do imóvel;
  • Remodelação integral das infraestruturas, (Redes Elétrica, de Abastecimento de Água, de Drenagem de Pluvial e Doméstica e de Telecomunicações).

de forma a criar 17 apartamentos autónomos, 8 T0, 7 T1 e 2 T2 destinados ao alojamento de pessoas desfavorecidas.

 

Além da função de alojamento, está prevista a função de integração de pessoas pouco qualificadas no mercado de trabalho, além de apoiar e ajudar jovens que cresceram em instituições, sem apoio familiar, a ter uma vida autónoma.

 

Os destinatários são desempregados de longa duração que serão habilitados com formação destinada ao seu ingresso no mercado de trabalho e a jovens até aos 25 anos à procura do primeiro emprego de longa duração que serão habilitados com formação destinada à empregabilidade.

 

A permanência na Residência será no período de formação, podendo prolongar-se até à inserção no mercado de trabalho.

 

 

Com a presente aprovação haverá que cumprir os seguintes indicadores de realização e de resultado:

 

Indicadores de realização: Edifícios públicos ou comerciais construídos ou renovados em áreas urbanas: Meta – 878,60 m2, Ano alvo em 2022;

 

Indicadores de resultado: Aumento do grau de satisfação dos residentes que habitam em áreas estratégicas integradas de desenvolvimento urbano: Meta –  > =2, Ano alvo 2023.

 

A presente candidatura surge na sequência da aprovação do PEDU-Plano Estratégico de Desenvolvimento Urbano e respetivo contrato entre o Município de Coimbra e a Autoridade de Gestão do Programa Operacional Regional do Centro (Centro 2020), datado de 31.05.2016 e posteriores Adendas.

Pesquisa avançada

Login

Erro

O seu browser não está atualizado!

Atualize o seu browser de modo a ver corretamente este website. Atualizar o meu browser

×