Prorrogado até quarta-feira prazo para apresentação dos prejuízos causados pela “Tempestade Leslie”

A Câmara Municipal (CM) de Coimbra está a proceder à inventariação dos prejuízos causados pela “Tempestade Leslie”, ocorrida nos dias 13 e 14 de outubro de 2018. “Para que todos os interessados possam apresentar a relação dos prejuízos sofridos, devidamente documentados, mediante preenchimento de formulários próprios, nos serviços municipais de atendimento ao público nos Paços do Concelho” e “considerando a afluência verificada”, foi determinada a “prorrogação do prazo fixado através do Edital n.º 88/2018 [que terminava hoje] até às 19 horas do dia 24/10/2018 [quarta-feira]”, pode ler-se no Edital n.º 90/2018, emitido esta tarde pelo presidente da autarquia, Manuel Machado. O atendimento ao público mantém-se em horário alargado.

Na sequência da tragédia ocorrida no passado fim de semana, a CM Coimbra está a proceder ao levantamento preliminar dos danos provocados pela tempestade em bens públicos e privados, designadamente, equipamentos e infraestruturas públicas, equipamentos associativos, recreativos, desportivos, habitações, unidades económicas e IPSS’s.

Tendo em conta a afluência verificada, mesmo com os serviços de atendimento a encerrar excecionalmente até às 19h30, o prazo foi prorrogado até quarta-feira. “Os dados coligidos destinam-se a ser reportados à Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Centro (CCDRC)”, sublinha o mesmo Edital.

Quem se dirija ao atendimento ao público da Câmara Municipal deve fazer-se acompanhar de documentos de identificação (pessoa singular ou coletiva), documentos que comprovem a propriedade do imóvel e que permitam a descrição e identificação do mesmo (p.e. caderneta predial), e dos documentos que comprovem os danos provocados na sequência da tempestade (p.e. fotografias).

O Formulário pode ser preenchido e impresso, mas tem de ser entregue presencialmente nos serviços de atendimento ao Público nos Paços do Município.