Projetos Conjuntos de Internacionalização das Associações Empresariais apresentados na antiga igreja do Convento São Francisco

O presidente da Câmara Municipal de Coimbra (CMC), Manuel Machado, participou hoje, na apresentação pública dos, no âmbito do Portugal2020, que decorreu na antiga igreja do Convento São Francisco.

A cerimónia contou com a presença do Ministro dos Negócios Estrangeiros, Augusto Santos Silva, do Ministro da Economia, Manuel Caldeira Cabral, do secretário de Estado da Internacionalização, Eurico Brilhante Dias, do secretário de Estado do Desenvolvimento e Coesão, Nelson Souza, do presidente da AICEP, entre muitas outras personalidades.

No início da sessão, Manuel Machado deu as boas vindas a todos, num local marcante para Coimbra. “Estamos num espaço referencial (…) que o Município reutilizou e que permite acolher atividades simultâneas com 5000 mil pessoas”. Sobre a conferência, Manuel Machado referiu que se trata de um importante evento para o país, para a Europa, “que parece andar esquecida de si própria”, e também para Coimbra. “O facto de aqui nos encontrarmos, com tão diversificado naipe de atores e intervenientes económicos, sociais e políticos, é importante para darmos um contributo relevante para a afirmação de Portugal”, apreciou o presidente da CMC.

“A afirmação da capacidade da economia portuguesa e a vontade de que o poder central o consiga e o poder local o continue também”, foram algumas das metas elencadas por Manuel Machado, salientando a sua importância na “criação de emprego, protegendo empresas e criando riqueza socialmente útil”.

“Todos os responsáveis das associações empresariais são bem-vindos; se puderem ajudar-nos, ajudamo-nos reciprocamente e será um bom contributo para melhorar a vida da nossa comunidade portuguesa, europeia”, frisou o presidente da CMC.

Segundo dados divulgados na sessão, os projetos conjuntos de internacionalização das associações empresariais portuguesas, no âmbito do Programa 2020, tiveram uma taxa de aprovação de 88%, segundo dados hoje revelados pela AICEP. Neste quadro de apoio comunitário, registaram-se candidaturas relativas a projetos de 38 associações empresariais.

As associações presentes na audiência puderam ainda escutar as perspetivas que se apresentam aos respetivos sectores para os próximos anos no quadro do Portugal 2020.