Biblioteca

Visitas: 3168 times
Biblioteca

Quando a Colecção Telo de Morais foi doada à Cidade de Coimbra e instalado o respectivo acervo no Edifício Chiado, tal dádiva incluiu também uma pequena Biblioteca de Arte.

Do conjunto, salientam-se algumas obras, tais como o “Inventário Artístico de Portugal” (16 vol.), completo; “Oito Séculos de Arte Portuguesa, História e Espírito”, de Reynaldo dos Santos (3 volumes); editada pela Fundação Calouste Gulbenkian a revista “Colóquio Artes”, desde o número um até ao aparecimento, com separação, da revista “Colóquio Letras”.

Constam também bastantes livros de Pintura, os catálogos da “XVII Exposição Arte, Ciência e Cultura” do Conselho da Europa (5 volumes), os da “Europália 91 Portugal”, levada a efeito na Bélgica e depois no nosso país. Várias outras mostras sob a temática dos descobrimentos portugueses mereceram importantes livros/catálogos, alguns deles contendo considerável número de peças desta Colecção Municipal. Igualmente se encontram reproduzidos quadros deste mesmo núcleo em livros de grande qualidade. São exemplos conhecidos: “Silva Porto”, “Miguel Ângelo Lupi”, “João Cristino da Silva”, “José Girão”, o catálogo da exposição realizada em Macau intitulada “Os Naturalistas – 100 Anos de Pintura Portuguesa”, “Neoclassicismo e Romantismo” Vol. X, da Profª. Regina Anacleto, edições Alfa, 1987, integrado na “História de Arte em Portugal” etc.,. A “Dama da Boina”, de Columbano, irá futuramente surgir num livro sobre este notável artista, da autoria da Dr.ª Maria de Aires, conceituada especialista da pintura portuguesa do séc. XIX.

Boa parte dos exemplares desta Biblioteca trata de cerâmica chinesa, consequência lógica da quantidade e da variedade da Colecção.