“Correntes de um só rio” promete unir a cidade em torno da Canção, do Fado, da Música e das Guitarras de Coimbra

O presidente da Câmara Municipal (CM) de Coimbra, Manuel Machado, a vereadora da Cultura, Carina Gomes, e os artistas Pedro Lopes e Manuel Portugal apresentaram, esta tarde, a primeira edição do “Correntes de um só rio. Encontro da Canção, do Fado, da Música e das Guitarras de Coimbra”. Serão dez dias dedicados ao Fado e à Canção de Coimbra, de 28 de setembro a 7 de outubro, num festival que promete ser empolgante.

Na conferência de imprensa, que decorreu na Galeria Pedro Olayo (filho), no Convento São Francisco, o presidente da autarquia, Manuel Machado, salientou as caraterísticas ímpares deste festival. “A conceção, a produção e a organização deste encontro advém de um trabalho conjunto de criadores e produtores que se envolvem diretamente neste domínio da vida”, referiu o autarca, acrescentando que o evento apresenta um “programa desafiante”.

Manuel Machado convidou todos a visitarem a exposição “Sons da História – História da Guitarra e da Canção de Coimbra na Edição Discográfica Nacional e Internacional”, que está patente na Galeria Pedro Olayo (filho), no Convento São Francisco, até ao próximo dia 21 de outubro, das 15h00 às 20h00, sendo de entrada livre.

O edil lançou, ainda, um apelo aos jornalistas para que ajudem a divulgar a iniciativa. “Por vezes olhamos para as coisas e não as vemos (...) e esta, valiosíssima, é daquelas que vale mesmo a pena”, destacou o autarca, passando de seguida a palavra à vereadora da Cultura.

Carina Gomes salientou que “a política definida pelo Município para a Cultura tem sido a de honrar as tradições e o legado cultural da nossa cidade, preservando e promovendo aquilo que nos singulariza, ao mesmo tempo que apostamos em grandes eventos que projetam e reforçam a notoriedade de Coimbra”. “É com grande gosto que a Câmara Municipal apresenta o festival Correntes de um só rio. Encontro da Canção, do Fado, da Música e das Guitarras de Coimbra”, acrescentou a autarca.

“Dez dias dedicados ao Fado e à Canção de Coimbra” de um “festival que se realiza pela primeira vez em 2018, no momento em que a nossa cidade prepara a sua candidatura a Capital Europeia da Cultura em 2027”, sublinhou, ainda, Carina Gomes.

O Fado e a Canção de Coimbra são o elemento central da programação deste festival, que decorre não só nos espaços do Convento São Francisco, mas noutros locais da cidade. Uma programação que contou, desde o início, com a entusiasta colaboração de numerosos músicos e artistas de Coimbra, e que é composta por propostas ecléticas, que resultam de um convite a artistas da cidade, mas também a artistas que, inspirados pela tradição musical Coimbrã, definiram os seus percursos ligados a esta arte.

São dez dias de intensa programação musical, onde o “Correntes de um só rio” apresenta, ainda, dois percursos por avenidas e ruas, casas e repúblicas onde deambularam e habitaram diversos cultores da Canção de Coimbra, marcando para sempre a sua história. Um desses percursos, o noturno, no dia 3 de outubro, termina na Sé Velha, onde a escadaria será palco de uma Serenata em que a Canção de Coimbra e o Cante Alentejano confluem.

 

Programa

MÚSICA
 
CRISTINA BRANCO
Grande Auditório | 28 set | 21h30 | M/6 | Geral: 10,00€ | Estudantes, ≥ 65, grupos: 8,00€
"Branco” é o mais recente trabalho de Cristina Branco. Lançado em fevereiro de 2018, o álbum foi amplamente reconhecido pela crítica. Repertório refinado, poetas e letristas atuais, instrumentistas exímios, juntamente com a voz marcada de Cristina Branco, fazem da artista uma das mais importantes personalidades da música portuguesa dos últimos tempos. A cantora revela os autores de hoje e as diferentes sonoridades da música portuguesa, demonstrando a sofisticação e variedade sonora que pode existir dentro do fado.
 
ESPELHOS
UM ESPETÁCULO TRUPE DOS BICHOS COM MÚSICA DE CARLOS PAREDES
Black Box | 29 set | 16h00 | M/4 | Geral: 4,00€ | Família: 6,00€ | ≤ 12 anos, ≥ 65 anos, grupos: 2,00€
"Espelhos” é uma viagem musical ao universo de Carlos Paredes. A sua música, cheia de imagens do meio ambiente e das pessoas que o rodeavam, sugere esta viagem em forma de espetáculo, também visual. As melodias da guitarra dissolvem-se com o traço do desenho criando um espaço sinergético, que abraça uma audiência jovem. Da sua guitarra, diz-se, leva Portugal dentro.
 
NA COR DO AVESSO
Antiga Igreja | 29 set | 16h30 e 21h30 | M/6 | Geral: 10,00 | Estudantes, ≥65, grupos: 8,00€
Partimos da Canção de Coimbra!
Uma canção que nos deu quase tudo.
Quisemos agradecer…
Partimos da Canção de Coimbra para a reencontrar!
Para a reencontrar viva, aberta ao mundo, aberta às novas gerações. Eis o momento escolhido para retribuir a herança infinita deixada pelo Zeca, pela família Paredes, pelo Goes e tantos outros: o momento de mostrarmos, simplesmente, as nossas ideias e a nossa música.
 
MENANO. POR VITORINO
Grande Auditório | 30 set | 18h00 | M/6 | Geral: 10,00 | Estudantes, ≥65, grupos: 8,00€
Este espetáculo, especialmente concebido para o "Correntes de um só rio”, é baseado na rica e diversificada carreira de António Menano, que inclui repertório de estilo tão vasto como o Fado de Coimbra, a Canção Tradicional Portuguesa, o Fado de Lisboa ou o Tango. Para espelhar toda a importância e qualidade da sua incontornável presença artística, reunimos artistas, de grande capacidade vocal e instrumental, para apresentar as suas composições, dotando-as da contemporaneidade que Menano tão bem soube antecipar.
 
SERENATA NA SÉ VELHA
CANÇÃO, CANTE E PATRIMÓNIO
Sé Velha | 3 out | 22h00 | Gratuito
2018 é o ano do Património. Pretexto maior para lançar à cidade, ao país e ao mundo o desafio de valorizar o património da Guitarra e da Canção de Coimbra.
Coimbra convida o Cante Alentejano para, em conjunto, subirem as escadarias da Sé Velha e, em pleno palco-coração da Guitarra e da Canção de Coimbra, cantarem um repertório com raízes em duas tradições musicais portuguesas.
Que a lua ilumine o largo da Sé Velha para que a cidade seja testemunha de uma noite histórica. Cantemos, a uma só voz, em nome do passado e do futuro.
 
III GRANDE NOITE DO FADO E DA CANÇÃO DE COIMBRA
Grande Auditório | 4 out | 21h30 | M/6 | Geral: 7,00€ | Estudantes, ≥ 65, grupos: 5,00€
Uma noite no Convento São Francisco com grandes intérpretes e compositores do Fado de Coimbra. Assente em estilos interpretativos distintos, o espetáculo apresenta, por um lado, o Fado de Coimbra na sua pureza original, com a interpretação de temas clássicos por eminentes grupos. Mas, ao palco, sobem também as novas propostas e tendências. Arranjos de fados e baladas para coro, com acompanhamentos instrumentais, e a presença de grupos recentes que apresentam novas visões interpretativas do Fado, da Canção e da Guitarra de Coimbra.
 
PEDRO JÓIA TRIO
Antiga Igreja | 5 out | 21h30 | M/6 | Geral: 10,00€ | Estudantes, ≥ 65, grupos: 8,00€
O Pedro Jóia Trio é um dos mais inestimáveis tesouros da música portuguesa. Três músicos virtuosos, cada um deles um expoente de classe internacional no respetivo instrumento, com percursos destacados em terrenos como o fado e o flamenco, o jazz e a MPB ou a música popular portuguesa. Em palco, Pedro Jóia e os seus companheiros são três gigantes que viajam pelo Brasil e pela memória da guitarra portuguesa, pelo fado e pelo flamenco com total autoridade, espalhando magia por clássicos como "Verdes Anos”, de Carlos Paredes, ou "Bulerias,” de Paco de Lucia.
 
GUITARRAS DE MÃO EM MÃO
Grande Auditório | 6 out | 21h30 | M/6 | Geral: 10,00€ | Estudantes, ≥ 65, grupos: 8,00€
A Guitarra de Coimbra é como um grande livro com melodias muito antigas que nunca foram escritas.
Lá dentro tem homens e mulheres que nos ensinaram a trautear canções e a desenhá-las na escala da guitarra. Mas como também há páginas em branco, para que outras guitarras se possam encontrar, convidamos um grupo de executantes exímios para uma noite memorável. De mão em mão, festeja-se a Guitarra de Coimbra, juntando no mesmo palco quinze músicos que se apresentam com a mesma formação: duas guitarras e uma viola.
 
CARLOS PAREDES PARA BEBÉS
Paulo Lameiro – Musicalmente
Antiga Igreja | 7 out | 10h30 e 11h45 | 0-3 anos + 2 adultos | Lotação: 180 participantes | Geral: 4,00€ | Família: 6,00€ | ≤ 12, ≥ 65: 2,00€
Drrlim Drrlim Drrlim
Lábabábá Bám
Há instrumentos que nos tocam por dentro e compositores que parecem conhecer o código das nossas emoções. Quando juntamos os dois temos de nos aninhar e respirar fundo. Como um bebé. Assim acontece com Carlos Paredes e a guitarra portuguesa. Foram precisos doze anos, depois do primeiro Concerto para Bebés em 1998, para que a guitarra portuguesa fosse solista convidada, já então pelas mãos de Ricardo Parreira. Agora em Coimbra, e pela primeira vez, será também ele a guiar-nos neste enorme Berço de balbucios de bebés e gemidos de guitarra.
 
COIMBRA, FADO E CANÇÃO
GRUPO DE FADOS ÀCAPELLA E ORQUESTRA CLÁSSICA DO CENTRO
Maestro João Maurício Galindo
Grande Auditório | 7 out | 21h30 | M/6 | Geral: 10,00€ | Estudantes, ≥ 65, grupos: 8,00€
Composto por temas emblemáticos do Fado e da Canção de Coimbra, este espetáculo é uma proposta inédita em Portugal.
Com orquestrações desenhadas para os músicos da Casa de Fados àCapella que, no Convento São Francisco, serão acompanhados pela Orquestra Clássica do Centro e dirigidos pelo reconhecido maestro brasileiro João Maurício Galindo. Este projeto foi idealizado por Gonçalo Capitão, enquanto adido social e cultural do Consulado Português em São Paulo e na Embaixada em Caracas.
 
 
VISITAS GUIADAS 
GPS - ROTEIROS DA CANÇÃO DE COIMBRA
GPS 1
30 set e 4 out [datas extra mediante marcação] | 17h00 | 5,00€
Ponto de encontro: GPS 1 Luiz Goes
Latitude: 40.2134119
Longitude: -8.4095103
Av. Dr. Dias da Silva 147, 3030 Coimbra
Lotação: mínimo 25 participantes | máximo 50 participantes 
Visita em português com tradução em inglês
GPS 2 
3 out [data única] | 18h00 | 5,00€
Ponto de encontro: República dos Fantasmas
Latitude: 40.2074992
Longitude: -8.42155
Bairro Sousa Pinto 15, 3000-393 Coimbra
Lotação: mínimo 25 participantes | máximo 50 participantes 
Visita em português com tradução em inglês
Termina na Sé Velha onde, às 22h00, se realiza a Serenata.
Por avenidas e ruas, casas e Repúblicas deambularam e habitaram diversos cultores da Canção de Coimbra, marcando para sempre a história da cidade. Acerte as coordenadas do seu GPS e venha connosco ao encontro de consagrados cultores da Canção de Coimbra. Uma viagem sonora, com paragens para música ao vivo, onde se conta a história desta Canção e de quem a cantou e tocou pelo mundo.
 
 
EXPOSIÇÃO
SONS DA HISTÓRIA
HISTÓRIA DA GUITARRA E DA CANÇÃO DE COIMBRA NA EDIÇÃO DISCOGRÁFICA NACIONAL E INTERNACIONAL
Galeria Pedro Olayo (filho) | Até 21 out | 15h00 às 20h00 | Gratuito
Sabia que o disco português mais vendido no mundo é um disco de Fados de Coimbra, gravado para a Philips, nos anos 50 do século XX? E que ainda na transição do século XIX para o século XX já os guitarristas e cantores de Coimbra eram famosos em toda a Europa?
A história sempre avançou a hipótese de uma gravação realizada com Augusto Hilário, o primeiro ícone da Canção de Coimbra, mas essa gravação mítica poderá não ter chegado aos nossos dias. Mas muitos foram os sons e as vozes que ficaram para sempre gravadas. A exposição é uma viagem pela história da Guitarra e da Canção de Coimbra na edição discográfica dos séculos XIX e XX.
 
 
INSTALAÇÃO SONORA
TURNING POINTS
Nuno Rebelo
Welcome Centre | Até 21 out | 15h00 às 20h00 | Gratuito
Turning Points é um projeto do músico experimental Nuno Rebelo, que tem sido apresentado em diversos contextos com recurso a diferentes fontes sonoras. Uma instalação musical constituída por diversos gira-discos, utilizados como motor para tocar várias fontes sonoras que poderão ser instrumentos musicais ou objetos. Em Coimbra, dar-se-á destaque à guitarra de Coimbra, que irá integrar a instalação.
Instalação apresentada no âmbito do projeto "Dar a Ouvir. Paisagens Sonoras da Cidade” coorganizado pela Câmara Municipal de Coimbra / Convento São Francisco e pelo Serviço Educativo do Jazz ao Centro Clube.
 
 
SONS DA HISTÓRIA: PROGRAMAÇÃO ASSOCIADA
RUI PATO AS GRAVAÇÕES COM JOSÉ AFONSO E ADRIANO
MINICONCERTO DIDÁTICO
Galeria Pedro Olayo (filho) | Escolas e grupos, por marcação | Gratuito
O músico Rui Pato faz um pequeno retrato em que realça a importância das gravações que fez com José Afonso e Adriano Correia de Oliveira, destacando, em concerto, os temas de maior êxito.
 
COIMBRA QUINTET SERENATA DE COIMBRA
MINICONCERTO DIDÁTICO
Galeria Pedro Olayo (filho) | Escolas e grupos, por marcação | Gratuito 
Vamos celebrar a gravação do disco português mais vendido de sempre em todo o mundo. Num primeiro momento, Manuel Portugal conta-nos a história deste disco. Depois, os músicos interpretam alguns temas do disco que tornou célebre Luíz Goes e António Portugal.
 
 
ARTUR PAREDES E EDMUNDO BETTENCOURT GRAVAÇÕES DE OURO NA CANÇÃO DE COIMBRA
MINICONCERTO DIDÁTICO
Galeria Pedro Olayo (filho) | Escolas e grupos, por marcação | Gratuito
Destacamos o momento mais alto da história da Canção de Coimbra, ao mesmo tempo que se presta homenagem a dois músicos da maior importância, Artur Paredes e Edmundo Bettencourt.
 
VISITAS TEMÁTICAS
Galeria Pedro Olayo (filho) | Escolas e grupos, por marcação | Gratuito
A história da Guitarra e da Canção de Coimbra ganhará vida diante dos nossos olhos. Contada, cantada e dramatizada numa visita, onde os sons e os versos da Canção nos conduzem numa viagem para descobrir Coimbra menina e moça, rouxinol de Bernardim.
 
OLHARES SOBRE A MÚSICA DE COIMBRA
CONFERÊNCIA
Sala Conventual | 18 de out | 17h30 | Gratuito
Convidamos um conjunto de personalidades, de enorme relevância nos contextos do estudo, produção e edição musical portuguesa, para refletir sobre o futuro da Canção de Coimbra.
Participantes:
Rui Vieira Nery (musicólogo), David Ferreira (editor), Vasco Sacramento (produtor), Armando Carvalheda (autor do programa "Viva a Música” na Antena 1), Pedro Mestre (músico que trabalha na valorização do Cante Alentejano e da viola Campaniça).
Moderador: Manuel Portugal (jornalista, músico e Presidente da Associação Fado Hilário)
Com a presença do Exmo. Senhor Presidente da Câmara Municipal de Coimbra, Dr. Manuel Machado.
 

Descarregue aqui a programação do Festival "Correntes de um só rio. Encontro da Canção, do Fado, da Música e das Guitarras de Coimbra”

Informações
Bilheteira: 239 857 191
bilheteira@coimbraconvento.pt