Festa da Flor e da Planta anima Baixa de Coimbra

A Baixa de Coimbra encheu-se, ontem, de aromas primaveris com a Festa da Flor e da Planta, que deu um colorido diferente à Praça 8 de Maio e às Ruas Visconde da Luz e Ferreira Borges. Este evento pretende sensibilizar os cidadãos para a prática de condutas que promovam a biodiversidade valorizando a beleza, o valor ornamental, espiritual, odorífico, medicinal, artístico, cultural e económico que as plantas encerram neste âmbito. Durante a tarde, a vereadora da Cultura da Câmara Municipal de Coimbra, Carina Gomes, visitou o certame.

Este sábado, a Baixa recebeu mais de meia centena de expositores, entre viveiristas, floristas, associações de âmbito cultural e recreativo, e uma instituição de ensino vocacionada para a agronomia.

Pelas 11h00, foram recriadas as tradições da região de Coimbra, por parte de coletividades do concelho, com um desfile etnográfico, onde não faltaram os pregões de outrora. Houve, igualmente, expositores com gastronomia e doçaria tradicional.

Pelas 14h30 teve lugar um workshop, de acesso gratuito, sobre plantas purificadoras do ar, dinamizado por Paula Maduro, que versou sobre a importância das plantas na purificação e desumidificação do ar, em contexto doméstico. Este workshop permitiu contacto com plantas que absorvem gases poluentes ou que eliminam a humidade.

A animação foi uma constante ao longo do dia. Pelas 12h00 teve lugar a atuação da Tuna Souselense. Quem se deslocou durante a tarde à Baixa pôde ainda assistir à atuação das Mondeguinas – Tuna Feminina da Universidade de Coimbra e do grupo de Concertinas “Sons da Casconha”.