Roteiro percorreu alguns dos locais ligados às vivências de Torga em Coimbra

Coimbra dos Escritores: Coimbra n’“A Criação do Mundo” de Miguel Torga. Um roteiro feito a pé e de autocarro, que percorreu hoje, alguns dos locais ligados às vivências de Adolfo Rocha, mais conhecido como Miguel Torga, na nossa cidade, promovido pela Câmara Municipal de Coimbra (CMC), no âmbito do 110.º aniversário do nascimento do escritor/médico, e que atraiu muitos participantes.

No dia em que se cumpriu mais uma data evocativa do nascimento de Miguel Torga, a 12 de agosto de 1907, em Sabrosa, Vila Real, a autarquia de Coimbra evocou a memória da obra do poeta e prosador (e médico Adolfo Rocha), assim como o espaço onde viveu, através de uma programação que englobou ainda a abertura da Casa-Museu (acesso gratuito), uma palestra e um apontamento musical.

A visita guiada, que extravasou os limites da Casa-Museu, percorreu diversos locais da cidade: Largo D. Dinis, Largo Marquês de Pombal, Quebra-Costas, Largo da Portagem, Largo das Ameias e Praceta Fernando Pessoa.

A evocação da efeméride contou ainda com uma demonstração de Encadernação, a cargo de Maria do Céu Ferreira (da “Chronospaper”), e uma palestra, intitulada “Os autores com que crescemos: o legado de Miguel Torga na minha obra”, por Isabel Mateus (escritora, doutorada em Literatura Portuguesa, pela Universidade de Birmingham, no Reino Unido). Cristina Borges Rocha, ilustradora dos livros de Isabel Mateus também teve uma breve intervenção no momento. O diretor do departamento de Cultura, Turismo e Desporto da CMC, Francisco Paz, esteve presente na iniciativa.

O Quarteto de Instrumentos de Sopro da Orquestra de Sopros de Coimbra, encerrou o programa que evocou o nascimento de Miguel Torga.