Baixa de Coimbra acolhe Feira de Artesanato Urbano no próximo sábado

No próximo sábado (12 de agosto), a Câmara Municipal de Coimbra realiza mais uma edição da Feira de Artesanato Urbano. O evento decorrerá na Baixa da cidade, distribuído pelas ruas Ferreira Borges e Visconde da Luz, entre as 10h00 e as 18h30.

A iniciativa, um contributo do Município para a crescente dinamização das principais artérias do centro, numa época em que a cidade é, também, escolhida como um dos principais destinos turísticos, contará com cerca de setenta expositores. São, na sua maioria, oriundos da Região Centro mas, também, de concelhos que ultrapassam as fronteiras deste território.

Esperam-se peças de cariz contemporâneo, resultantes da junção da técnica artesanal a materiais diversos, muitos deles reaproveitados. Peças vintage, bijuterias e outros acessórios de moda, recriação de símbolos tradicionais portugueses, artigos em costura criativa, patchwork, tricot ou croché, utilitários para o lar ou peças meramente decorativas são alguns dos exemplos que exprimem a criatividade e a originalidade aplicadas pelos autores nas peças que serão apresentadas em Coimbra.

A edição 2017 das Feiras de Artesanato Urbano prevê, ainda, mais quatro realizações, nos segundos sábados de cada mês, até dezembro: 9 de setembro, 14 de outubro, 11 de novembro e 9 de dezembro.No próximo sábado (12 de agosto), a Câmara Municipal de Coimbra realiza mais uma edição da Feira de Artesanato Urbano. O evento decorrerá na Baixa da cidade, distribuído pelas ruas Ferreira Borges e Visconde da Luz, entre as 10h00 e as 18h30.

A iniciativa, um contributo do Município para a crescente dinamização das principais artérias do centro, numa época em que a cidade é, também, escolhida como um dos principais destinos turísticos, contará com cerca de setenta expositores. São, na sua maioria, oriundos da Região Centro mas, também, de concelhos que ultrapassam as fronteiras deste território.

Esperam-se peças de cariz contemporâneo, resultantes da junção da técnica artesanal a materiais diversos, muitos deles reaproveitados. Peças vintage, bijuterias e outros acessórios de moda, recriação de símbolos tradicionais portugueses, artigos em costura criativa, patchwork, tricot ou croché, utilitários para o lar ou peças meramente decorativas são alguns dos exemplos que exprimem a criatividade e a originalidade aplicadas pelos autores nas peças que serão apresentadas em Coimbra.

A edição 2017 das Feiras de Artesanato Urbano prevê, ainda, mais quatro realizações, nos segundos sábados de cada mês, até dezembro: 9 de setembro, 14 de outubro, 11 de novembro e 9 de dezembro.