CM Coimbra investe mais 1,4 milhões de euros em requalificação de estradas

A Câmara Municipal (CM) de Coimbra pretende investir cerca de 1,4 milhões de euros na manutenção e requalificação da rede viária concelhia. Nesse sentido, o executivo municipal aprovou, na sua reunião de hoje, o lançamento de um concurso público, dando assim continuidade ao programa de melhoria da rede viária em Coimbra.

A intervenção prevê a pavimentação de diversas estradas do concelho, que se apresentam muito degradadas, a reposição da sinalização horizontal, a execução de drenagens e de saneamento de solo e a correção de passeios, sempre que necessário. Pretende-se, pois, proceder à requalificação da rede viária do concelho.

Nesta empreitada foi ponderado, na definição das ruas a incluir, o estado de degradação dos pavimentos e o seu grau de utilização em termos de tráfego rodoviário. No total, a intervenção soma cerca de 170 mil m2 de superfície.

Atendendo ao valor dos trabalhos, a obra será dividida em dois lotes, que apresentam uma área de intervenção semelhante. O lote 1 deverá abranger vias da União de Freguesias de Coimbra, da Freguesia de Santo António dos Olivais, da União de Freguesias de Eiras e São Paulo de Frades, da Freguesia de Brasfemes, da União de Freguesias de Trouxemil e Torre de Vilela e da União de Freguesias de Souselas e Botão. O lote 2 abrange vias da União de Freguesias de Coimbra, da União de Freguesias de Santa Clara e Castelo Viegas, da União de Freguesias de São Martinho do Bispo e Ribeira de Frades, da Freguesia de Brasfemes, da Freguesia de Torres do Mondego, da União de Freguesias de Assafarge e Antanhol e da Freguesia de Cernache.

A proposta aprovada na reunião do executivo municipal inclui a aprovação do projeto, do programa de procedimento e do caderno de encargos da empreitada e a abertura do concurso público, que decorrerá, como usualmente, através da plataforma eletrónica de contratação pública “Vortal” e cujo critério de adjudicação será o do preço mais baixo.