Coimbra Participa: já podem ser apresentadas propostas

O prazo para a apresentação de propostas à segunda edição do Orçamento Participativo da Câmara Municipal (CM) de Coimbra começa hoje e termina no dia 15 de abril. “O que podemos fazer pelo bem-estar?” é o tema para esta edição, que tem como objetivo primordial a promoção da participação cívica informada, ativa e responsável dos cidadãos nos processos de governação local. Este ano a dotação global é de meio milhão de euros e as propostas devem ser apresentadas, tal como no ano passado, através da plataforma Coimbra Participa.

Começa hoje a segunda edição do Coimbra Participa. “O que podemos fazer pelo bem-estar?” é o tema deste ano e uma das grandes novidades é que abrange todo o concelho, destinando-se, assim, a projetos ou ações que, em qualquer área territorial do município, visem a preservação e a melhoria da qualidade de vida de todos os que habitam ou visitam o concelho de Coimbra.

O tema tem como enquadramento os indicadores que compõem o Índice de Bem-Estar desenvolvido pelo Instituto Nacional de Estatística, que observa a evolução do bem-estar da população mediante duas perspetivas de análise: condições materiais de vida e qualidade de vida. As propostas apresentadas deverão inserir-se nestas perspetivas, num dos seguintes domínios: saúde; balanço vida-trabalho; educação, conhecimento e competências; segurança pessoal; participação cívica e governação; relações sociais e bem-estar subjetivo; e ambiente.

Qualquer cidadão que resida, estude ou trabalhe em Coimbra e tenha mais de 14 anos pode participar, sendo que o Coimbra Participa é destinado aos cidadãos com idade superior a 30 anos, enquanto o Coimbra Jovem Participa é dirigido aos jovens com idades entre os 14 e os 30 anos. As propostas devem ser submetidas, via plataforma, até 15 de abril, para depois serem analisadas pela Comissão Técnica até 15 de maio.

Depois das propostas analisadas, segue-se a fase de votação dos projetos, que decorre durante o mês de junho. A votação é feita por voto eletrónico, na plataforma, e o processo será validado pelo número do Cartão de Cidadão. A autarquia disponibilizará também outros pontos de acesso para votação, como, por exemplo, na Divisão de Atendimento e Apoio aos Órgãos Municipais da CM Coimbra, na Casa Municipal da Cultura e na Loja do Cidadão. A votação termina a 30 de junho e em julho será feita a apresentação pública dos projetos vencedores.

Entretanto, a CM Coimbra vai promover Encontros Participativos, em diversos locais do concelho, com o objetivo de dar a conhecer e esclarecer, com maior profundidade, a segunda edição do Coimbra Participa e do Coimbra Jovem Participa. Os Encontros Participativos servem para fomentar a participação de um maior número de cidadãos e será possível apresentar e discutir propostas, ouvir sugestões e prestar esclarecimentos sobre este instrumento municipal. 

Estas e outras informações sobre o Coimbra Participa e o Coimbra Jovem Participa podem ser consultadas na plataforma.