Praia Fluvial de Palheiros e Zorro quer continuar a ser distinguida com Bandeira Azul 2019

O executivo da Câmara Municipal (CM) de Coimbra aprovou, na sua reunião de ontem, uma proposta para a candidatura da Praia Fluvial de Palheiros e Zorro à Bandeira Azul 2019, um prémio atribuído pela Associação Bandeira Azul da Europa (ABAE), que atesta o cumprimento de um conjunto de requisitos de qualidade referentes aos seguintes critérios: informação e educação ambiental, qualidade da água, gestão ambiental e equipamentos, e segurança e serviços aos utentes. Caso a apreciação do júri nacional e internacional do concurso seja favorável, será o oitavo ano consecutivo que a praia fluvial recebe esta distinção. A candidatura é realizada pela CM Coimbra e pela Junta de Freguesia de Torres de Mondego.

O programa Bandeira Azul da Europa é coordenado pela ABAE, que representa a Foundation for Environmental Education (FEE) em Portugal. Este organismo agrupa entidades internacionais de 60 países que, em conjunto, promovem atividades de sensibilização e educação para o desenvolvimento sustentável. O objetivo do programa é, pois, tornar possível a coexistência do desenvolvimento do turismo com o respeito pelo ambiente local, regional e nacional e, tendo em conta a sua longa duração (teve início em 1985), o programa é considerado e reconhecido como um eco-label para operadores turísticos, decisores e público em geral.

A Praia Fluvial de Palheiros e Zorro tem sido distinguida com o galardão, consecutivamente, desde 2012, tendo ainda conseguido outras distinções, tais como Praia Saudável (Fundação Vodafone), Praia Acessível para Todos (Instituto Nacional para a Reabilitação, com a colaboração da Agência Portuguesa do Ambiente [APA] e Turismo de Portugal) e Praia com Qualidade de Ouro (Quercus). Em 2013, decorreu na Praia Fluvial de Palheiros e Zorro a Cerimónia do Hastear da 1ª Bandeira Azul 2013 a nível nacional e em 2016, a Praia Fluvial chegou mesmo a receber o “Blue Flag Certificate” da FEE, como reconhecimento dos seus excelentes padrões nos domínios da educação e gestão ambiental, da qualidade das águas balneares e da segurança.

As candidaturas ao galardão, que este ano tem como tema “Do Rio ao Mar sem Lixo”, devem ser apresentadas à APA e devem ser subscritas por mais do que uma entidade de âmbito local e regional. A CM Coimbra já manifestou à APA o interesse em manter a Praia Fluvial de Palheiros e Zorro como área balnear em 2019, assegurando a manutenção das condições necessárias para a prática balnear, bem como a assistência a banhistas – com presença de nadador-salvador, da responsabilidade do concessionário, durante a época balnear, e no período de vigilância das 11h00 às 19h00 – e respetivos meios de socorro durante o período balnear, que será de 15 de junho a 15 de setembro.

A Praia Fluvial de Palheiros e Zorro é uma importante área balnear, de dimensão regional, que tem vindo a ser alvo de vários investimentos por parte da CM Coimbra e da Junta de Freguesia das Torres do Mondego, e que dispõe de um conjunto considerável de infraestruturas e equipamentos de apoio aos utentes.

A praia cumpre, ainda, os requisitos da qualidade da água no que respeita à recolha e frequência da amostragem (e o historial de quatro anos de amostragem está de acordo com o percentil 95%, sendo classificada de Excelente), e os requisitos de praia acessível, dispondo de passadiços de madeira, rampas de acesso à água e cadeira anfíbia. O seu acesso é seguro e livre ao público, contando, ainda, com controlo relativamente à presença de animais domésticos e de veículos. É uma praia com um importante património natural e de inegável beleza paisagística, que recebe anualmente milhares de turistas, o que contribui para a dinamização da economia local e promoção da freguesia e do concelho de Coimbra.