Celebração do 60º aniversário da Fundação Bissaya Barreto homenageia Nuno Viegas Nascimento

O presidente da Câmara Municipal (CM) de Coimbra, Manuel Machado, presidiu, ontem, à cerimónia comemorativa do 60.º aniversário da Fundação Bissaya Barreto (FBB), que incluiu uma homenagem a Nuno Viegas Nascimento, com o descerramento de um busto. No decurso da cerimónia foi entregue o Prémio a que o homenageado dá o nome, retomado especialmente este ano, em tributo ao antigo presidente da FBB, que escreveu tão significativo capítulo da história da instituição.

“Perder a memória é perder o futuro”, começou por afirmar Manuel Machado, manifestando-se honrado pelo convite para presidir à “justa” homenagem realizada a Nuno Viegas Nascimento. “Ele foi um continuador marcante da obra social criada pela Fundação, adaptando-a às novas exigências, com solidariedade, seguindo sempre os pressupostos deste projeto”, sublinhou o autarca.

Manuel Machado salientou a qualidade “ímpar” da FBB, herdeira do testamento do “grande humanista Fernando Bissaya Barreto Rosa”.

“A Fundação Bissaya Barreto, com 60 anos de existência, continua a prosseguir de forma inovadora a obra social delegada (…), que eu testemunho e que valoriza o melhor dos valores humanitários, éticos e de responsabilidade social”, frisou Manuel Machado. “Todos nós somos efémeros, os poderes e as pessoas, mas é tão bom sentir que da vida vivida fica trabalho feito e obra realizada”, salientou o edil.

O presidente da CM Coimbra felicitou, ainda, a presidente do conselho de administração da FBB pela retoma de um “projeto valioso”, saudando os vencedores do Prémio Nuno Viegas Nascimento e cumprimentando todos os participantes.

A Associação Sociedade do Bem, de Évora, e a Associação Ludotempo, de Leiria, venceram o Prémio, com os projetos “Pequenos Corações Gigantes” e “Brincar de Rua”, respetivamente.

A Associação Sociedade do Bem centra a sua atividade na implementação de um conjunto de programas de desenvolvimento de competências emocionais e sociais aliados à cidadania, dirigidos a crianças e jovens e implementados por uma equipa multidisciplinar. Já a Ludotempo - Associação de Promoção do Brincar - centra a sua atividade na promoção do jogo e do brincar não digitais e pretende ser um ponto de encontro de projetos inovadores e de boas práticas capazes de ligar pessoas, culturas e gerações, através do brincar.

A cerimónia contou, ainda, com a intervenção de Patrícia Viegas Nascimento, atual presidente do conselho de administração da FBB, e com a oração sobre “a criança e os direitos, a casa e a rua”, de Laborinho Lúcio, juiz conselheiro jubilado do Supremo Tribunal de Justiça, que presidiu, também, ao júri do Prémio.

Na cerimónia marcaram presença os vereadores da CM Coimbra, Carlos Cidade, Paulo Pêgo e Madalena Abreu, o presidente da União de Freguesias de São Martinho do Bispo e Ribeira de Frades, Jorge Veloso, o presidente do conselho de administração da Águas de Coimbra, Carvalho dos Santos, e o administrador executivo, Miguel Correia, o presidente da Comunidade Intermunicipal - Região de Coimbra, João Ataíde, entre outras personalidades políticas e civis.