Centro de Estágio Habitacional do Bolão começa hoje a ser requalificado

O presidente da Câmara Municipal de Coimbra (CMC), Manuel Machado, assinou, esta manhã, o auto de consignação da empreitada de requalificação do Centro de Estágio Habitacional (Parque de Nómadas) situado no Bolão, que representa um investimento de 133 mil euros (IVA incluído). A obra, agora entregue à empresa Luís Carlos Capela Unipessoal, Ld.ª, visa a reposição das condições de habitabilidade nestas edificações – que datam de janeiro de 2005 –, uma vez que, até à data, apenas foram realizados trabalhos de reparação pontuais.

Manuel Machado começou por destacar a importância desta intervenção, sobretudo porque acolhe “famílias com caraterísticas especiais”. “O objetivo é que as pessoas, nómadas, ou outras, se sintam bem na nossa cidade, correspondendo aos valores da nossa cidade também”.

Através do acompanhamento dos serviços municipais de diversas áreas, o autarca considera que se têm alcançado bons resultados “apesar de alguns contratempos”. “Tem-se consigo, por exemplo, que o Santiago vá à escola”, ilustrou Manuel Machado, na presença de alguns miúdos e graúdos frequentadores do local, que agora irá ser alvo de reabilitação.

O objetivo, salientou o autarca, é “preparar as pessoas para viver bem e terem orgulho de viver na sua cidade, com gosto de viver, é para isso que nós aqui estamos e é também, por isso, que a Câmara Municipal faz a intervenção de requalificação do edificado”.

A CMC pretende, deste modo, evitar a continuação da degradação das unidades pré-fabricadas, tanto as habitacionais como o pavilhão social, que constituídas por painéis de madeira de pinho malhetado e asnas de madeira pré-fabricadas, principalmente nas fachadas voltas a sul e poente, zona de maior exposição solar.

As habitações necessitam igualmente de obras de reabilitação no seu interior e está ainda previsto o fornecimento e execução de arrumo e alpendre cobertos para cada uma das unidades habitacionais.

Os trabalhos constam genericamente de remoção de revestimento de fachadas; reposição de novos madeiramentos de pinho tratado; pintura com produtos hidrófugos e conservantes à cor existente; remates com mata juntas nas fachadas e tetos de beiral; remoção, consequente aplicação, e fornecimento de mosaicos e azulejos; tratamento de caixilharias interiores e exteriores; aplicação e reparação de móveis de cozinha e respetivos equipamentos; fornecimento e aplicação de portas e portadas de madeira e reparação das redes de gás; e fornecimento e instalação de arrumos e alpendres e implementação de equipamento de cozinha no pavilhão social.

O executivo camarário aprovou esta intervenção na sua reunião de 5 de junho de 2017. A 6 de novembro de 2017 foi adjudicada a empreitada, cujo contrato foi assinado, no passado dia 29 de março de 2018, pelo presidente da CMC, Manuel Machado.

Recorde-se que toda a área envolvente aos Campos do Bolão, foi alvo de uma profunda intervenção pela autarquia, que inaugurou um novo Centro Municipal de Apoio aos Caminhantes, novos estaleiros do Departamento de Obras Municipais, e um bosquete com 90 árvores, dispondo de mesas, bancos e papeleiras.