CMC assina protocolos com associações culturais e desportivas num valor superior a meio milhão de euros

Os protocolos de Apoio Financeiro Municipal ao Associativismo Cultural para Atividade Permanente para 2018 foram ontem assinados no Salão Nobre da Câmara Municipal de Coimbra (CMC). Uma verba de 363 mil euros, que será distribuída por 106 associações culturais, de acordo com a proposta aprovada na reunião do executivo municipal de 24 de maio. Na mesma sessão, foi formalizada a atribuição de apoios financeiros pontuais a cinco associações culturais do concelho, no valor global de 74 mil euros, e a 16 associações desportivas, culturais ou de lazer e uma União de Freguesias, no âmbito da realização do programa desportivo para as Festas da Cidade de Coimbra e da Rainha Santa Isabel 2018, no valor global de 79.500 euros.  

As candidaturas ao Apoio Financeiro Municipal ao Associativismo Cultural para a Atividade Permanente – Associativismo Cultural Geral registaram, em 2018, o seu maior número, ultrapassando a centena de entidades apoiadas. A verba deste ano, de 363 mil euros, vai ser distribuída por 106 associações, mais 19 do que no ano passado, mais 21 do que em 2016 e mais 31 do que em 2015, ano em que se iniciou esta modalidade para submissão de candidaturas.

Os protocolos ontem formalizados com as associações culturais do concelho têm como objetivo dotá-las das condições necessárias ao normal desenvolvimento das suas atividades durante o ano de 2018. Das 106 candidaturas validadas, 40 desenvolvem a sua atividade na área da música (157.750 euros), 21 na área da etnografia e folclore (43.500 euros), 6 na área do teatro (37.750 euros), 1 na área do cinema e audiovisual (2.750 euros), 2 na área das artes plásticas e visuais (47.000 euros), 14 na área de cultura e recreio (43.500 euros) e 22 são outras associações cujas atividades evidenciam interesse cultural (30.750 euros). Todas as entidades que formalizaram a sua candidatura receberam a grelha de avaliação produzida pelos serviços da CMC, tendo sido convidadas a pronunciarem-se sobre as avaliações de que foram alvo.

Na sessão de ontem, foram ainda assinados cinco protocolos de apoio financeiro a projetos pontuais, num montante global de 74 mil euros. As entidades apoiadas são a AFERM – Associação de Folclore e Etnografia da Região do Mondego (5.500 euros), para o desenvolvimento de programas de animação para a Festas da Cidade e para as Noites de Música no Coração da Cidade de Coimbra; a Associação Cultural Quebra Costas (3.500 euros), para a concretização do QuebraJazz.Fest 2018; a Liga dos Amigos da Confraria da Rainha Santa Isabel (15 mil euros), para a realização de duas procissões no âmbito das Festas da Cidade; o Teatrão (25 mil euros), para o desenvolvimento de um projeto educativo para Coimbra dirigido a 19 IPSS’s, 14 escolas do 1.º ciclo do ensino básico e 8 jardins de infância; e a Orquestra Clássica do Centro (25 mil euros), para a implementação do programa municipal socioeducativo e internacional - “A Orquestra vai à Escola – para jovens de todas as idades” e “Na Música todos Contam”.  

CMC já apoiou associações culturais com mais de um milhão de euros este ano

Os apoios financeiros concedidos pela CMC à área da Cultura, para o ano em curso, totalizam já os 1.002.000 euros, uma vez que aos 363 mil euros atribuídos no âmbito das candidaturas ao Apoio Financeiro Municipal ao Associativismo Cultural para Atividade Permanente para 2018 se deverá somar 80 mil euros já atribuídos à Escola da Noite, 180 mil euros à Orquestra Clássica do Centro, 85 mil euros à Associação Encontros de Fotografia, 90 mil euros ao Teatrão, destinados ao desenvolvimento da sua atividade regular e à gestão dos equipamentos culturais municipais pelos quais estão responsáveis, e 204 mil euros de apoios pontuais, cujas decisões ocorreram na primeira metade do ano. Refira-se que, até ao final de 2018, ainda poderão ser objeto de análise e decisão pelo executivo outros projetos culturais, prevendo-se, assim, que o valor global de apoio às associações culturais venha a aumentar.

 CMC atribui 79.500 euros para o programa desportivo das Festas da Cidade de Coimbra 2018

 Foram também assinados ontem 16 contratos-programa, para a atribuição de apoios pontuais, com associações desportivas do concelho – na sua maioria –, mas também com a Agência para a Promoção da Baixa de Coimbra e a União de Freguesias de Santa Clara e Castelo Viegas, no âmbito do Programa Desportivo Municipal para as Festas da Cidade de Coimbra 2018. Os apoios perfazem um valor de 79.500 euros e têm o objetivo de ajudar na realização de 16 eventos desportivos que fazem parte do programa das Festas da Cidade. A esses 79.500 euros, deve aina somar-se 9110 euros, correspondentes à isenção de taxas municipais para a realização dos referidos eventos. 

Foi ainda celebrado um protocolo de cooperação entre a CMC, A Associação Distrital de Atletismo de Coimbra e a Associação Recreativa Casaense para a realização das próximas quatro edições da Corrida de São Silvestre, correspondentes aos anos 2018, 2019, 2020 e 2021.  A edição deste ano do evento, a 41ª, vai decorrer no dia 15 de dezembro.