Câmara limpa vários pontos da Alta da cidade que foram vandalizados

A Câmara Municipal de Coimbra (CMC) procede à limpeza de vários pontos da Alta da cidade que foram vandalizados, nomeadamente a Sé Velha de Coimbra.

Os produtos utilizados na limpeza são biodegradáveis e ecológicos não tóxicos, perigosos ou inflamáveis. Para o seu bom funcionamento e se obterem resultados esperados sem deteriorar as bases, foi necessário que a CMC adquirisse equipamento próprio e promovesse uma troca de experiências com especialistas na área.

Na reunião do executivo camarário de 23 de abril, o presidente da CMC, Manuel Machado, considerou “intolerável a vandalização e a pichagem do património” e salientou que a pichagem é "crime público e que tem de ser punido".

Já depois disso a Associação Nacional de Municípios Portugueses (ANMP) afirmou querer que a legislação relacionada com a defesa do património seja revista no sentido de agravar as penalizações para quem o vandaliza. Os municípios abriram um processo visando propor à Assembleia da República e ao Governo o reexame das leis de defesa do património.