“A Floresta” em mostra itinerante e lúdica no Parque Verde do Mondego

“A Floresta” foi ontem inaugurada e é a primeira mostra itinerante da Fundação "la Caixa" em Portugal. Na apresentação da exposição, que pretende promover a gestão sustentável das florestas, esteve presente o presidente da Câmara Municipal de Coimbra (CMC), Manuel Machado, do Patrono da Fundação Bancária “la Caixa”, Artur Santos Silva, do diretor corporativo do Território e Centros da Fundação “la Caixa”, Rafael Chueca, e do comissário do evento, Paulo Magalhães. Pode ser visitada gratuitamente até 27 de junho.

Esta exposição destaca a floresta, um dos ecossistemas terrestres com maior biodiversidade no mundo e que conservam o património de milhares de milhões de anos de evolução. O objetivo passa por consciencializar os visitantes da pertença a um sistema maior, que tem a árvore protagonista principal, que faz a vida girar.

Na conferência de imprensa que antecedeu a visita guiada à exposição, o presidente da CMC, Manuel Machado, começou por agradecer a escolha da cidade de Coimbra para acolher a estreia em Portugal desta exposição. “Ao realizar-se nas margens do Mondego - o maior rio português que não nasce e Espanha - transmite uma forma de sensibilizar, de dar a conhecer as realidades da natureza e de estimular a reflexão (…) para que não voltem a ocorrer tragédias como a do ano passado”, salientou o autarca, destacando que “quando a nossa floresta for socialmente útil e geradora de riqueza estará quase tudo resolvido, sem nunca nos esquecermos da partilha do conhecimento e da informação”, concluiu.

“A Floresta” exibe um percurso pelas principais espécies arbóreas da Península Ibérica, a sua ecologia e ligação com o ser humano, através de uma singular coleção. Apresenta cinco exemplares excecionais de árvores de Portugal que por motivos morfológicos, históricos ou culturais são considerados únicos. Uma das árvores apresentadas em miniatura é o Eucalipto de Vale de Canas, de 72 metros, apresentado como a maior da península ibérica e dos maiores do continente europeu.

A inauguração da exposição contou ainda com as presenças dos vereadores da CMC, Carlos Cidade e Carina Gomes e do diretor do Exploratório Ciência Viva de Coimbra, Paulo Trincão, entre outras personalidades.

A mostra, que nos últimos dez anos, passou por mais de 60 cidades espanholas e teve cerca de um milhão de visitantes passará, até ao final do ano, por Portimão, Viseu e Braga. 

“A Floresta” - Entrada gratuita

De 10 de maio a 27 de junho de 2018
Local: Parque Verde do Mondego - Av. Lousã, Coimbra
Horário público: 12.30 - 14h e 17h - 21h (abre às 11h ao fim de semana e feriados)
Visitas escolares: Marcação prévia pelo telefone: 211 216 262
Visitas guiadas: De 2ª a 6ª, às 19h | (12h e 19h ao fim de semana e feriados)
Visitas guiadas de grupos: De 2ª a 6ª, das 9.30 às 13.30h e das 15h às 17h