CMC abre concurso público para aquisição de dois novos miniautocarros elétricos para os SMTUC

O executivo da Câmara Municipal de Coimbra (CMC) aprovou, na sua reunião de segunda-feira, uma proposta para autorização de despesa/decisão de contratar para abertura de um concurso público internacional para o fornecimento de dois miniautocarros elétricos de transporte urbano de passageiros e de dois carregadores de baterias, tendo como valor estimado 520.000 euros (a que acresce IVA à taxa legal em vigor). O procedimento já foi aprovado pelo Conselho de Administração dos Serviços Municipalizados de Transportes Urbanos de Coimbra (SMTUC), no passado dia 10 de abril.

A CMC prossegue na sua aposta de renovação da frota dos SMTUC, que se traduziu num reforço de 38 veículos nos últimos quatro anos, o que corresponde a um investimento municipal superior a 5 milhões de euros. Deste investimento, os últimos oito autocarros adquiridos são elétricos e o contrato de aquisição foi assinado no passado dia 23 de março, sendo que a empresa vencedora do concurso irá fornecer os veículos elétricos e os respetivos carregadores de baterias num prazo de 9 meses, com início após o visto do Tribunal de Contas.

Este novo procedimento surge na sequência da mesma candidatura da CMC ao Programa Operacional Sustentabilidade e Eficiência no Uso de Recursos (PO SEUR), que foi aprovada na reunião de Câmara de 23 de janeiro de 2017, para “Promoção da eficiência energética nos transportes coletivos de passageiros incumbidos de missões de serviço público”, aprovado a 6 de julho de 2017 e assinado o contrato pelo presidente da CMC, Manuel Machado, numa cerimónia que decorreu no Pavilhão de Portugal, em Lisboa, com a presença do primeiro-ministro, António Costa, e do ministro do Ambiente, João Matos Fernandes, a 21 de julho de 2017.

Recorde-se que na mesma altura em que foi aberto o procedimento para a aquisição dos oito autocarros elétricos, foi também lançado para o fornecimento de dois miniautocarros elétricos com seis metros de comprimento e dois carregadores de bateria, porém, em virtude de ter sido excluída a única proposta apresentada, o executivo municipal deliberou, no passado dia 8 de janeiro, a proposta da não-adjudicação deste lote.

Assim, será aberto um novo concurso público internacional para a aquisição dos dois novos miniautocarros elétricos.