CMC reforça frota dos SMTUC com oito novos autocarros elétricos

O executivo da Câmara Municipal de Coimbra (CMC) acabou de aprovar, por unanimidade, na reunião que está a decorrer, uma proposta de adjudicação para o fornecimento de oito autocarros elétricos de transporte urbano de passageiros e de oito carregadores de baterias à BYD Europe BV, vencedora do procedimento, pelo valor global de 3.799.200,00 euros, acrescidos de IVA à taxa legal em vigor.

Este projeto vem renovar a frota dos Serviços Municipalizados de Transportes Urbanos de Coimbra (SMTUC) com veículos mais eficientes e que utilizam fontes de energia com melhor desempenho ambiental. Note-se que, até à entrega do Relatório Final da operação, os SMUTC comprometem-se a abater um autocarro em fim de vida por cada autocarro elétrico recebido.

Esta aquisição de oito autocarros elétricos, que se destinam a reforçar a frota dos SMTUC, surgiu na sequência de uma candidatura da CMC ao PO SEUR, que foi aprovada, por unanimidade, na reunião de Câmara de 23 de janeiro de 2017, para “Promoção da eficiência energética nos transportes coletivos de passageiros incumbidos de missões de serviço público”, programa que pretende incentivar a utilização de veículos mais eficientes e que utilizem fontes de energia com melhor desempenho ambiental.

No passado mês de julho, o presidente da CMC, Manuel Machado, assinou os “Termos de Aceitação das Decisões de Financiamento aprovadas”, numa cerimónia que decorreu no Pavilhão de Portugal, em Lisboa, e que contou com a presença do primeiro-ministro, António Costa, e do ministro do Ambiente, João Matos Fernandes.

Estes oito autocarros elétricos têm 12m de comprimento, o chassis será totalmente rebaixado e a bateria é de lítio/fosfato de ferro, com uma tensão de 512V e uma capacidade de 348kWh. A lotação total será superior a 80 pessoas.

Nas instalações dos SMTUC, situadas na Guarda Inglesa, será colocada uma rede de carregamento de autocarros standard com oito carregadores, para carregamento completo noturno.

Recorde-se que o procedimento também foi lançado para o fornecimento de dois miniautocarros elétricos com seis metros de comprimento e dois carregadores de bateria, porém, em virtude de ter sido excluída a única proposta apresentada, o executivo municipal irá analisar e votar a proposta da não-adjudicação deste lote.