CMC aprova contrato para construção da nova ponte da praia fluvial de Palheiros e Zorro

O executivo da Câmara Municipal de Coimbra (CMC) aprovou por unanimidade, na sua reunião de segunda-feira, uma proposta de minuta de contrato da empreitada “Ponte Pedonal na Praia de Palheiros e Zorro”, a celebrar entre a CMC e a sociedade Conduril – Engenharia, S.A.. A empreitada será realizada pelo valor de 579.916,63 euros (IVA incluído) e terá um prazo de 180 dias para a sua conclusão.

A futura ponte será definitiva – ao contrário do anterior passadiço de madeira, que obrigava à sua reposição quando era levado pelas correntes – e permitirá ligar as duas margens do rio Mondego, garantindo, assim, a acessibilidade à Praia Fluvial de Palheiros e Zorro. A nova ponte possibilitará a travessia de peões, bicicletas e de veículos ligeiros de emergência, em condições de perfeita segurança, durante todo o ano. A empreitada inclui também intervenções nas margens, para a sua consolidação, e nos acessos à nova ponte, estando ainda prevista a remodelação de serviços afetados e a execução de rede de baixa tensão para permitir a instalação de iluminação pública.

A implementação da nova ponte foi estudada por forma a garantir uma boa inserção em ambas as margens do rio, procurando minimizar o impacto, sobretudo na margem esquerda, onde a ponte e os acessos se elevam. Na margem direita, o espaço de entrada no tabuleiro é garantido por uma plataforma que estabelece o apoio da ponte e a relação de cotas entre o arruamento, o caminho que sobe até à estrada nacional 110 e o acesso ao rio através da rua Porto Meio.

A nova ponte terá uma estrutura treliçada de perfis de aço, assente em pilares de betão armado, localizados nas margens, e uma extensão total de 145m. O tabuleiro da ponte terá 2,5m de largura e o pavimento será em chapa galvanizada perfurada. No total, a estrutura mede 3,5m de largura e 3,5m de altura.