Juncker foi hoje distinguido com o grau Doutor Honoris Causa pela Universidade de Coimbra

O presidente da Comissão Europeia, Jean-Claude Juncker, está hoje em Coimbra, onde foi distinguido, esta manhã, com o grau de Doutor Honoris Causa pela Universidade de Coimbra (UC), numa cerimónia que teve como apresentante o presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa. A sessão, que decorreu na Sala dos Capelos, contou ainda, entre outros, com a presença do primeiro-ministro António Costa, do presidente da Câmara Municipal de Coimbra, Manuel Machado, do reitor da UC, João Gabriel Silva, e do comissário europeu Carlos Moedas.

“Esta universidade caminha ao ritmo da Europa e, por vezes, em diferentes domínios, dita o seu ritmo à Europa”, salientou o presidente da Comissão Europeia, no início da cerimónia de atribuição do seu doutoramento Honoris Causa, segundo nota avançada pela Lusa, acrescentando ainda que a UC inspirou “as maiores mentes e espíritos da Europa e abre largamente os seus braços a todos os que vêm de fora”.

“Sinto-me orgulhoso por ter sido acolhido por todos e por ser doutor pela vossa universidade”, referiu Juncker, acrescentando ainda a sua satisfação por estar em Portugal. “Sinto-me em casa porque venho de um país, o Luxemburgo, onde 20% da população é portuguesa. Por isso, tenho nos ouvidos a música, o fado, o dialeto que consigo distinguir sem verdadeiramente o entender”, admitiu.

Seguiu-se o discurso de elogio ao presidente da Comissão Europeia, proferido pelo professor catedrático da Faculdade de Direito da UC, Fernando Alves Correia, que destacou a ação de Jean-Claude Juncker na construção e consolidação da União Europeia e a sua procura incessante de diálogo e consenso. Ouviu-se, depois, o discurso de elogio ao apresentante, Marcelo Rebelo de Sousa, proferido pelo professor catedrático da Faculdade de Direito da UC, Jorge Coutinho de Abreu.

Após a atribuição do doutoramento Honoris Causa ao presidente da Comissão Europeia, os presentes subiram à Sala do Senado para uma sessão de cumprimentos.

No programa da visita de Jean-Claude Juncker a Coimbra está agendada uma passagem do luxemburguês pela Associação Académica de Coimbra, para descerrar uma placa comemorativa dos 130 anos da instituição, e um encontro com o presidente da Associação Académica de Coimbra – Organismo Autónomo de Futebol, Pedro Roxo, onde estará presente também o vereador da CMC, Carlos Cidade. A visita inclui ainda um debate entre o presidente da Comissão Europeia e o primeiro-ministro António Costa, sobre o tema “Futuro da Europa – Que Europa queremos?”, que irá decorrer no Teatro Académico Gil Vicente.

 

CMC / LUSA