DE COIMBRA PARA O MUNDO | MedicineOne, especialistas em software para o mercado da saúde

A MedicineOne é uma empresa tecnológica de origem portuguesa e vocação mundial dedicada ao desenvolvimento de software para o mercado da saúde. Está instalada na aceleradora do Instituto Pedro Nunes (IPN), em Coimbra, e foi uma das empresas que o presidente da Câmara Municipal de Coimbra, Manuel Machado, visitou no passado dia 26 de julho. A MedicineOne começou em Portugal, onde trabalha com o Ministério da Saúde e com grandes grupos de referência do setor, mas já tem uma forte presença no mercado mundial, operando em quatro continentes.

“A nossa solução de gestão clínica é, ao mesmo tempo, uma das mais antigas, inovadoras e completas do mundo. Desenvolvemos uma das melhores soluções de software para gerir pequenas e grandes unidades de saúde, sistemas de saúde públicos e privados em instalações onsite ou cloud computing.” É assim que a empresa se apresenta no seu site oficial, garantindo levar “a inovação, a engenharia, a excelência e a paixão portuguesas” a todo o mundo.

A MedicineOne nasceu centrada nos cuidados de saúde primários e foi evoluindo e procurando dar resposta a todas as necessidades dos profissionais de saúde. O software MedicineOne foi criado para otimizar todos os processos clínicos e administrativos, “de forma a poupar tempo, reduzir custos, melhorar a comunicação e apoiar os profissionais nas mais importantes decisões clínicas”, pode ler-se também no site da empresa. O produto foi largamente difundido em Portugal, Cabo Verde, Brasil e Angola, sendo utilizado em unidades de cuidados primários nos serviços públicos de saúde destes países, bem como em milhares de unidades privadas espalhadas por todos eles. 

Outro software desenvolvido pela empresa de Coimbra é o My MedicineOne. Um software de gestão clínica simplificado, que foi idealizado para a prescrição eletrónica e que permite gerir pequenos consultórios de forma autónoma. A aplicação permite a gestão da consulta médica de acordo com o método SOAP (para escrever registos clínicos), gestão de patologias, acesso à base de dados nacional do medicamento com alertas de interações medicamentosas e alergias, entre outras. O My MedicineOne tornou-se, em março de 2015, o primeiro software de prescrição eletrónica protocolado com a Ordem dos Médicos.