DE COIMBRA PARA O MUNDO | Active Aerogels, do espaço para a terra

A Active Aerogels, uma empresa que desenvolve produtos inovadores baseados em aerogéis, para isolamento térmico, está instalada na incubadora do Instituto Pedro Nunes (IPN) e recebeu a visita do presidente da Câmara Municipal de Coimbra, Manuel Machado, no passado dia 26 de julho. A Active Aerogels produz aerogéis utilizados na indústria espacial. Foi uma das startups a ser selecionada para o centro de incubação da Agência Espacial Europeia em Portugal (ESA BIC Portugal), uma estrutura que apoia startups que apliquem tecnologia desenvolvida para o espaço e que é coordenada pelo IPN.

A indústria espacial é um bom mercado para a Active Aerogels, mas a empresa quer mais e o objetivo é conquistar outros mercados onde os aerogéis possam fazer a diferença. O aerogel é um material isolante com elevada performance que serve e que pode ser usado numa amplitude muito grande de temperaturas, de -250 a 400 graus. Os gasodutos, a aeronáutica e mesmo a construção civil são mercados que estão a ser explorados pela empresa de Coimbra, que foi uma das selecionadas para o centro de incubação português da Agência Espacial Europeia.

A Active Aerogels foi conquistando um mercado, entrou em vários projetos europeus – liderou, por exemplo, o consórcio europeu do projeto ICECLAY, com o objetivo de desenvolver um tipo especial de aerogel, mais económico, e com possibilidade de ser produzido em larga escala para o setor da construção – e as encomendas não param de chegar. Hoje, falta-lhes a capacidade produtiva e a resposta passará sempre pelo crescimento das instalações para dar resposta às encomendas.