Comitiva do Governo de Montenegro veio conhecer projetos de desassoreamento e estabilização das margens do Rio Mondego

Um grupo de 10 elementos do Governo de Montenegro, liderado pelo ministro dos Assuntos Europeus, Aleksandar Pejovic, esteve hoje na Câmara Municipal de Coimbra (CMC), onde tiveram oportunidade de conhecer os projetos de desassoreamento e estabilização das margens do Mondego. A vinda a Coimbra partiu da indicação do assessor para os Assuntos Europeus da Fundação Calouste Gulbenkian, Francisco Cipriano, depois da apresentação que foi feita do projeto de desassoreamento no Encontro Anual do Portugal 2020, que se realizou a 8 de maio último, no Convento São Francisco.

A vice-presidente da CMC, Rosa Reis Marques, foi a anfitriã da comitiva do Montenegro e deu as boas vindas. “É uma honra para nós, CMC, receber-vos aqui e dar-vos a conhecer o trabalho que estamos a desenvolver no âmbito da mitigação das cheias do Rio Mondego e recuperação das suas margens”, começou por adiantar. ”O vosso interesse é para nós um enorme motivo de orgulho”, acrescentou. Rosa Reis Marques formulou o desejo de que a visita a Portugal seja enriquecedora e deixou o convite para conhecerem alguns pontos emblemáticos de Coimbra que, como referiu, é agora Património Mundial da Humanidade. No final, os presentes tiveram a oportunidade de visualizar um power point com as explicações dos projetos e, no fim, tiraram algumas dúvidas junto dos técnicos da CMC presentes.