Governo anunciou investimento de 10 M€ na modernização da estação de Coimbra B

O ministro do Planeamento e Infraestruturas, Pedro Marques, anunciou hoje a abertura de concurso público para o projeto de modernização da estação ferroviária Coimbra B, que implicará um investimento superior a dez milhões de euros.

“Hoje mesmo lançámos o concurso do projeto de modernização de Coimbra B”, disse o ministro, que falava, ao início da tarde de hoje, na Câmara de Coimbra, na sessão de apresentação do Sistema de Mobilidade do Mondego, que prevê a introdução de autocarros elétricos, em canal dedicado, no Ramal da Lousã, e na cidade de Coimbra.

O Governo compreende “a importância da estação de Coimbra B” para a Linha do Norte e para a cidade, disse Pedro Marques, reconhecendo a necessidade da requalificação e modernização da gare, vulgarmente conhecida também como Estação Velha.

A intervenção em Coimbra B implicará um investimento “superior a dez milhões de euros”, disse o ministro, que falava aos jornalistas após a sessão no Salão Nobre da Câmara de Coimbra.

Trata-se, no entanto, de “uma estimativa”, pois só depois de elaborado o projeto será possível compreender o que é necessário fazer, designadamente no plano técnico, sublinhou o governante.

As obras serão feitas de modo a que a estação modernizada e requalificada esteja em funcionamento até à conclusão da execução do Sistema de Mobilidade do Mondego (três anos e meio), assegurou Pedro Marques.

“A Estação Velha está mesmo velha e já sem as condições mínimas para servir de estação ferroviária central a uma cidade como Coimbra”, sustentou, por seu lado, durante a mesma sessão, o presidente da Câmara de Coimbra, Manuel Machado, regozijando-se com a decisão do Governo.

Lusa