CM Coimbra apoia “Estrutura Residencial para Pessoas Idosas” do Centro Social de S. João

A Câmara Municipal (CM) de Coimbra aprovou, na sua reunião de ontem, a atribuição de um apoio financeiro de 90.335,82 euros ao Centro Social de S. João, no âmbito da remodelação do equipamento que levou à criação da “Estrutura Residencial para Pessoas Idosas (ERPI)”.

A nova estrutura residencial já está em funcionamento e é um estabelecimento para alojamento coletivo, de utilização temporária ou permanente, em que são desenvolvidas atividades de apoio social e prestados cuidados de enfermagem. Atualmente tem capacidade para alojar até 35 idosos.

O Centro Social de S. João é uma Instituição Particular de Solidariedade Social (IPSS), fundada em 1988, que tem como principais objetivos promover ações de solidariedade social, nomeadamente através do desenvolvimento de atividades de proteção à infância, juventude, família, comunidade, população ativa, idosos e deficientes, bem como, secundariamente, desenvolver a promoção desportiva, recreativa e cultural.

Para além de um Berçário/Creche, de um Jardim de Infância; Centro de Atividades de Tempos Livres; Centro de Dia; Serviço de Apoio Domiciliário; e, agora, a ERPI, o Centro Social de S. João tem também participado ao longo dos últimos anos nas diversas estruturas locais de parceria, destacando-se a sua participação no Conselho Local de Ação Social de Coimbra e na Comissão Social de Freguesia da União de Freguesias de S. Martinho do Bispo e Ribeira de Frades.

Este apoio financeiro será formalizado mediante a celebração de um Contrato-Programa entre o Município de Coimbra e o Centro Social de S. João, e está enquadrado no Regulamento Municipal para Atribuição de Apoios na Área Social (RMAAAS), publicado no Diário da República, de 27 de dezembro de 2016.