Centro de Dia do Centro Social e Paroquial de São Silvestre inaugurado hoje

O Centro de Dia do Centro Social e Paroquial de São Silvestre (CSPSS) foi hoje inaugurado. Além de várias dezenas de populares, a cerimónia contou com a presença de muitas personalidades, incluindo o presidente da Câmara Municipal de Coimbra, Manuel Machado, e os vereadores Jorge Alves e Carlos Cidade. Destaque ainda para o presidente da Junta de Freguesia de São Silvestre, José Seiça Salgado, de Ramiro Miranda, em representação da Segurança Social, do Vigário Geral Pedro Miranda e do padre Lucas Pio.

Reconhecendo que “isto levou muito tempo a conseguir”, Manuel Machado elogiou todas as pessoas que, “com muito esforço”, contribuíram para a concretização do novo equipamento. “Hoje as pessoas, felizmente, vivem mais e o trabalho desta instituição é ajudar a que as pessoas vivam mais, em comunidade, melhor, afastadas da solidão”, descreveu o presidente da CMC, para quem instituições como CSPSS contribuem para que homens e mulheres “cumpram as suas vidas com dignidade - e aqui são acolhidos com dignidade”.

Através da celebração de um Contrato Programa de Desenvolvimento Social - Comparticipação Financeira, o Município atribuiu um apoio algo superior a 43 000 euros ao CSPSS destinado à aquisição de equipamentos para o Centro de Dia hoje inaugurado. “Apoiámos no que pudemos apoiar e fizemo-lo no cumprimento de um dever de ajudar, colaborar com todas as entidades que se ocupam de uma área especialmente sensível”, afirmou Manuel Machado.

“O trabalho aqui feito deve-se a vós e as entidades públicas que apoiaram não fizeram mais do que a sua obrigação. Pela minha parte, sinto-me feliz por ter estado aqui na primeira pedra, em 2001, e hoje, na abertura das instalações para aquilo que é o seu objetivo essencial: servir a comunidade. Parabéns pelo trabalho realizado!”, concluiu Manuel Machado, desencadeando as palmas dos presentes.

Em seguida, a comitiva visitou as instalações, nomeadamente a sala de estar, refeitório, cozinha e áreas exteriores, sempre marcadas pela pintura das paredes com cores alegres.