Refeições escolares custam perto de 2,3M€

O executivo da Câmara Municipal de Coimbra (CMC) aprovou, por unanimidade, na sua reunião de ontem, a adjudicação do fornecimento de refeições escolares no ano letivo 2017/2018, conforme relatório do júri nomeado para este concurso público. A consulta com vista a este contrato foi realizada ao abrigo do acordo-quadro celebrado com a Comunidade Intermunicipal da Região de Coimbra e aprovada na reunião do executivo camarário de 22 de maio passado. O valor estimado para a adjudicação desta proposta é de 2.296.932,86 euros (IVA incluído).

O relatório final propõe a adjudicação da totalidade dos 12 lotes de refeições ao Consórcio ICA e NORDIGAL, pelo valor de 2.296.932,86 euros, já com IVA incluído.

Os quase 2,3 milhões de euros permitirão proporcionar refeições (lanches da manhã e da tarde e almoço) a cerca de 4334 crianças, que se dividem por quase 3337 alunos do 1.º Ciclo do Ensino Básico, distribuídos por 47 escolas, e 997 crianças da educação pré-escolar, em 32 jardins de infância. O fornecimento de refeições escolares, composto por 12 lotes, representa, diariamente, perto de 9770 refeições, que, por sua vez, se subdividem em cerca de 2718 lanches da manhã, mais 4334 almoços e 2718 lanches da tarde.