CMC suporta custo dos Cadernos de Exercícios para todos os alunos do 1.º CEB

O presidente da Câmara Municipal de Coimbra (CMC), Manuel Machado, e o vereador da Educação, Jorge Alves, entregaram, esta manhã, Cadernos de Exercícios a 37 alunos da Escola do 1.º Ciclo do Ensino Básico (1.º CEB) do Bairro Azul, em São Silvestre, no dia em que estas crianças começaram as aulas. Esta medida abrange todos os 3884 alunos, do 1º ao 4º ano de escolaridade, da rede pública no concelho de Coimbra.

Dado que a CMC oferece os Cadernos de Exercícios a todos e o Ministério da Educação fornece os Manuais Escolares, os agregados familiares de Coimbra com educandos neste ciclo de ensino ficam totalmente isentos de despesas com livros. A aquisição destes Cadernos de Exercícios traduz-se num investimento camarário de 99.104,92 euros (c/IVA).

Em declarações aos jornalistas, o presidente da CMC destacou que anteriormente a autarquia oferecia os manuais escolares e os cadernos de exercícios. Contudo, “graças ao trabalho desenvolvido entre a Associação Nacional de Municípios Portugueses [ANMP] e o Governo”, o Ministério da Educação passou a fornecer os manuais escolares (mas não os Cadernos de Exercícios).

Manuel Machado, que é também o presidente da ANMP, evidenciou que os Cadernos de Exercícios “são uma ferramenta de trabalho importante e, por isso, a Câmara Municipal assumiu - avisando atempadamente os encarregados de educação – essa despesa”. O presidente da autarquia recordou que esta é uma prática iniciada há 4 anos e “que quisemos continuar como forma de dar valor à escola pública como sítio sementeira para uma civilização avançada e uma sociedade melhor”.

Neste arranque do ano letivo, Manuel Machado, que esteve acompanhado do vereador da Educação, Jorge Alves, evidenciou ainda o “trabalho importante na requalificação de várias escolas”, incluindo a que visitou. Estes espaços “de sementeira” contaram com vários tipos de “intervenções de melhoria”, quer nos refeitórios e espaços contíguos, quer nos recreios, valorizando assim a “escola, que é um elemento fundamental da comunidade”. O presidente da CMC aproveitou a ocasião para salientar também que, neste território periurbano de Coimbra, nesta escola requalificada, o número de alunos em idade escolar é superior ao ano anterior, contrariando “algumas expetativas tremendíssimas".

Outro aspeto salientado por Manuel Machado foi o do valor total de investimento da CMC em Ação Social Escolar, neste ano letivo de 2017/2018, que supera cinco milhões de euros (5.253.646,93 euros). Uma verba que se reparte por: refeições escolares, 2.724.827,68 euros; apoio às famílias (material escolar, visitas de estudo, entre outros), 1.396.289,13 euros; apoio ao funcionamento dos JI e EB1, 106.440 euros; e transporte escolar, 1.026.090,12 euros.

O Jardim de Infância (JI) e EB1 do Bairro Azul conta com 28 crianças no JI e 37 alunos na EB1, que frequentam o 1º e 2º anos de escolaridade. A escola foi requalificada este ano, tendo sido realizadas as seguintes intervenções: arranjo da zona de recreio; revisão do parque infantil existente; reparação da vedação em rede elástica; reparação do portão de entrada do campo de jogos; conservação das casinhas/abrigos de jardim de madeira existentes; reparação e adaptação dos portões de entrada no recinto escolar; reparação dos pavimentos em madeira das salas de aula; revisão, reparação e pintura de portas exteriores em madeira do jardim-de-infância; e pintura de zonas exteriores e interiores que apresentavam descoloração, tinta em desagregação e outras patologias. Esta intervenção representou um investimento da CMC de 32.027,90 euros (c/IVA).

A iniciativa contou ainda com a presença de Maria da Conceição Gomes, diretora do Agrupamento de Escolas Coimbra Centro, e de José Seiça, presidente da Junta de Freguesia de São Silvestre.