Ministro do Ambiente visitou empresa inovadora de Coimbra

O ministro do Ambiente, João Matos Fernandes, visitou ontem o Instituto Pedro Nunes (IPN), no âmbito de uma ronda pelo país, integrada na consulta pública do Plano de Ação Nacional para a Economia circular, que decorre até 31 de julho.

Acompanhado pelo vereador da Educação da Câmara Municipal de Coimbra (CMC), Jorge Alves, e pela presidente da direção do IPN, Teresa Mendes, o titular da pasta do Ambiente no Governo quis saber mais sobre a “Book in Loop”, empresa sediada no IPN, e que criou um serviço de reutilização de livros e outros materiais didáticos para o ensino básico e secundário, que foi já distinguido com o Prémio Nacional Indústrias Criativas.

Jorge Alves enaltece que “a Book in Loop é uma das muitas dezenas de empresas que em Coimbra estão sedeadas no Instituto Pedro Nunes e que acrescentam valor ao tecido empresarial do nosso concelho, quer em termos de capacidade de inovação, quer pelos postos de trabalho que criam”.

No ano transato esta empresa apresentou números que comprovam o seu crescimento e a sua função de proteção do ecossistema: tem 24 funcionários, ajudou na poupança de 3 milhões de euros para as famílias portuguesas e contabilizou a poupança de 300 toneladas de CO2 que não foram lançadas para a atmosfera graças a esta solução inovadora, de Coimbra, para todo o país.

Por seu turno, o ministro do Ambiente defendeu que a sociedade portuguesa tem de reutilizar e que “temos de ser cada vez mais utilizadores e menos consumidores”, enaltecendo que “a economia circular conduz à abundância enquanto a economia linear, que hoje temos, leva à escassez dos recursos naturais”.

João Matos Fernandes realçou ainda que o Governo está a apostar na economia circular indo ao encontro das medidas apresentadas pela Comissão Europeia para esta área.