Dez empresas sediadas no IPN vão estar presentes na Web Summit

Dez empresas que estão sediadas no Instituto Pedro Nunes (IPN) irão estar presentes no Web Summit, a maior conferência internacional de tecnologia, que teve a sua primeira edição em 2010, e que, este ano, se realiza em Lisboa de 6 a 9 de novembro.

Feedzai, Intelligent Sensing Anywhere, MedicineOne, Noesis, Present Technologies, Tangível, Virtual Power Solutions, TUU, Whitesmith e Stratio são as dez empresas sediadas no IPN que vão estar presentes na Web Summit, que terá mais de mil oradores, entre os quais António Guterres, António Costa, Al Gore, Brian Krzanich (CEO da Intel), François Hollande, Brad Smith (Presidente da Microsoft), Joe Sullivan (CSO da Uber), Rolf Schromgens (CEO da Trivago), entre muitos outros.

Estas dez empresas, sediadas na aceleradora ou na incubadora do IPN, têm apresentado um crescimento notável ao ponto de serem já reconhecidas a nível internacional, o que demonstra a capacidade de Coimbra de atrair e fixar estas indústrias com tecnologias de ponta.

No passado mês de julho, a Câmara Municipal de Coimbra (CMC) celebrou um protocolo com o IPN Incubadora, que estabelece um apoio financeiro de 22 mil euros à atividade do Internet Innovation Hub (IHUB) de Coimbra, que se encontra instalado no IPN e visa promover o empreendedorismo e a inovação com base nas tecnologias da Internet do Futuro. Um projeto que conta com o apoio da Comissão Europeia (tecnologias FIWARE) e que a autarquia já apoia desde 2015 e irá apoiar até 2019, num total de 110 mil euros. (notícia de 27 de julho: https://goo.gl/vNNprM)

Em setembro passado, o anterior executivo camarário aprovou, por unanimidade, um pedido de isenção de Imposto Municipal de Imóveis (IMI) apresentado pela IPN Incubadora, decisão que foi ratificada pela Assembleia Municipal, o que representou uma poupança de 15.311,60 euros para tesouraria da IPN Incubadora. (notícia de 19 de setembro: https://goo.gl/khXCX2)

A Stratio, startup que trabalha em parceria com os Serviços Municipalizados de Transportes Urbanos de Coimbra (SMTUC), desde 2016, analisando e prevendo a ocorrência, em tempo real, de problemas de desgastes mecânicos em 50 autocarros da frota dos SMTUC, foi convidada pela Agência Espacial Europeia (ESA), a subir ao “Growth Summit”, onde vão ser apresentadas algumas das empresas de mais rápido crescimento do mundo.

A Stratio desenvolveu uma tecnologia de manutenção preditiva, que tem conseguido alcançar resultados bastante positivos na gestão da frota dos SMTUC. Segundo uma análise de seis meses, foi possível alcançar uma redução de 43 mil euros em manutenção de parte da fruta dos SMTUC, perfazendo menos 350 horas no tempo de imobilização dos autocarros devido à antecipação das avarias, um decréscimo de 8% nos consumos de combustíveis e uma diminuição de 93 toneladas de emissões de gases poluentes.

A incubadora de empresas da Agência Espacial Europeia em Portugal (ESA BIC Portugal), que é coordenada pelo IPN, terá também um stand próprio na Web Summit. O ESA BIC Portugal apresenta-se como um projeto estratégico para o desenvolvimento da Região Centro, enquadrado num projeto financiado pelo Centro 2020, Portugal 2020 e a União Europeia, através do Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional “SIAC ESA BIC”.