8.ª Edição do concurso Arrisca C premiou melhores Ideias e Planos de Negócio de 2016

A vereadora da Cultura e Turismo da Câmara Municipal de Coimbra (CMC), Carina Gomes, participou hoje na cerimónia de atribuição dos prémios do Concurso de Ideias e Planos de Negócio “Arrisca C”, que decorreu no auditório do Museu da Ciência da Universidade de Coimbra (UC). Os prémios Arrisca C visam estimular o desenvolvimento de conceitos de negócio em torno dos quais se perspetive a criação de novas empresas. O evento contou com a presença de Filipe Almeida, em representação da ministra da Presidência e da Modernização Administrativa, e de Amílcar Falcão, vice reitor da UC.

Depois de entregar os prémios das Menções Honrosas e o Prémio Arrisca C - Ideias de Negócio, a vereadora da Cultura da CMC começou por salientar a importância do concurso. “Os prémios Arrisca C são muito importantes para Coimbra, a região e o país, para o seu tecido empresarial, as suas universidades, politécnicos, incubadoras e todos os agentes que promovem o empreendedorismo e o desenvolvimento económico”.

“Muitas vezes esquecemos que somos uma cidade viveiro de novas tecnologias, novas ideias de negócio, onde nascem empresas de ponta capazes de enfrentarem os complexos desafios da economia atual, viradas já não apenas para o mercado interno, mas capazes de competir nos cada vez mais exigentes mercados globais”, enalteceu a autarca.

Carina Gomes salientou também o papel da autarquia nas políticas económicas. “A câmara tem demonstrado ter ações, investimentos e medidas que incentivam e apoiam a diversificação do tecido empresarial do concelho e da região”, salientando ainda o impacto do novo Regulamento de Apoio a Iniciativas Económicas de Interesse Municipal - COIMBRA INVESTE, que “além de incentivos económicos ao investimento, estabelece regras de alienação de lotes nos parques industriais municipais, ou outros terrenos, que, até ao momento, não se encontravam suficientemente sistematizadas”.

Segundo a vereadora da CMC, “o COIMBRA INVESTE pretende promover o desenvolvimento local, de forma sustentada e organizada; fomentar o progresso e o ordenamento industrial e empresarial; estimular a reestruturação e diversificação dos sectores já implementados; apoiar novas iniciativas industriais e empresariais e favorecer a criação de emprego”.

Estas medidas e outras medidas, como é o caso do concurso Arrisca C, têm possibilitado “a formação de novas camadas de jovens com capacidade para fazer a ligação ao mundo empresarial, com capacidade para inovar e para competir, não nos mercados locais, mas em todos os mercados do mundo; o Instituto Pedro Nunes é o epicentro destes resultados (…) que têm tornado Coimbra uma cidade cada vez mais atrativa para investimentos de alta tecnologia, como demonstram, já agora, os números que confirmam a descida consistente do desemprego no concelho e na região de Coimbra”, frisou.

Carina Gomes terminou a sua intervenção garantindo que o município apoiará a 9.ª edição do Arrisca C, afirmando que “iniciativas como esta contribuem para valorizar Coimbra”.

A cerimónia de entrega dos premiados contou ainda com a presença de representantes da Associação Académia de Coimbra, da Associação Nacional de Jovens Empresários, do Centro de Inovação em Biotecnologia, do Conselho Empresarial do Centro/Câmara de Comércio e Indústria do Centro, da Plataforma das Indústrias de Defesa Nacionais, do Instituto de Apoio às Pequenas e Médias Empresas e à Inovação, da Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Centro, do Centro de Emprego de Coimbra, do Instituto Pedro Nunes, do Instituto Politécnico de Coimbra, do Instituto Politécnico de Leiria e do Instituto Politécnico de Tomar.

A 8.ª edição do Arrisca C mantém o posicionamento dos anos anteriores e aposta no conceito “Chegou o momento de dares o salto para o Sucesso”. Mas esta é só a primeira de algumas mudanças significativas: um novo formato simplificado para a apresentação das candidaturas ao Arrisca C visa facilitar aos futuros empreendedores a forma como mostram ao mercado os seus projetos inovadores. 

O prémio Social ao Centro, direcionado à Inovação Social, é a grande novidade deste ano, associando à iniciativa ideias com uma forte vertente de responsabilidade social e com um potencial de impacto considerável na sociedade portuguesa.

Com a experiência e o sucesso das edições anteriores, o Arrisca C 2016 apresentou uma proposta ambiciosa, que ambicionava superar o número de candidaturas dos últimos anos.

Com cerca de 660.000 euros em prémios já distribuídos, 660 projetos candidatos, aproximadamente 1700 promotores e mais de duas dezenas de empresas criadas, o Arrisca C quis aumentar o desafio e tornar a edição de 2016 na mais disruptiva iniciativa dos últimos anos. No total, foram admitidas 81 candidaturas, número que foi diminuindo à medida que avançaram as três fases de avaliação. 

Todas as informações sobre o Concurso de Ideias e Planos de Negócio “Arrisca C” estão disponíveis em http://www.uc.pt/gats/eventos_e_iniciativas/a_decorrer/arrisca_c.

A Edição do Arrisca C 2016:

• 81 candidaturas;

• 3 fases de avaliação;

• Vencedores

Concurso de Ideias de Negócio:

Prémio Arrisca C - Ineye - Healthy eyes for a lifetime: Inserto ocular aplicado no interior da pálpebra inferior que liberta fármacos garantindo um tratamento eficaz e permanente.

Menção Honrosa - Face2Ceph-Reinventing Orthodontics: Sistema informático multiplataforma de apoio ao diagnóstico e seguimento da ação terapêutica em ortodontia com módulos de controlo de dispositivos de distração osteogénica. 

Menção Honrosa - Easy Blood Crossmatch (EBC): Dispositivo que permite de forma simples, rápida e económica, determinar inequivocamente a compatibilidade sanguínea em situações de necessidade de transfusão de sangue.

Concurso de Ideias de Negócio – Empreendedorismo Social

Prémio Social ao Centro – SUNIGHT: a pensar nas populações sem acesso à rede elétrica, o sunight proporciona iluminação homogénea equivalente a uma lâmpada tradicional, utilizando energia 100 % limpa, tanto durante o dia como durante a noite.

Menção Honrosa - Reviver na Rede: é uma plataforma online de apoio à utilização do facebook por desempregados para promover a socialização, a integração social e a empregabilidade, reforçando as novas formas de procura ativa de emprego.

Concurso de Ideias de Negócio – Ensino Secundário

Urgências SOS – Prémio ex-aequo: dispositivo de alerta, com tecnologia wireless, que possibilita a medição da pressão arterial e temperatura corporal e a localização dos doentes, permitindo uma triagem mais rigorosa e eficaz nos hospitais públicos.

3D Cake – Prémio ex-aequo: Consiste numa impressora 3D capaz de fazer a impressão de objetos em 3D e de decorar bolos de forma autónoma e precisa, sem intervenção humana.

Concurso de Planos de Negócio:

Prémio Arrisca C - Multipotent induced Stem Cells (MiStem): 

Desenvolvimento de células sanguíneas, BSC, derivadas da pele humana que, reprogramadas, possam ser utilizadas em terapia celular. O produto, MiStem, representa BSCs personalizadas com a capacidade de gerar todas as células sanguíneas após o transplante (exemplo de tratamento: leucemia). 

Menção Honrosa - Sound Particles: É um novo software áudio 3D, capaz de lidar com milhares de sons em simultâneo, de uma forma automática e que revoluciona a forma de trabalhar o som, estando atualmente já a ser usado em filmes de Hollywood.

Prémio IAPMEI – Ineye - Healthy eyes for a lifetime

Prémio IEFP – Face2Ceph-Reinventing Orthodontics