Primeiro campeonato nacional de Skate Indoor disputa-se sábado em Coimbra

Coimbra vai receber o primeiro Campeonato Nacional “Indoor” de Skate este sábado, a partir das 12h00, no Pavilhão Municipal Multidesportos Mário Mexia. Um evento nunca antes organizado em Portugal, que se estreia, assim, em Coimbra, pelas mãos da Associação de Patinagem de Coimbra (APC) e da Federação de Patinagem de Portugal (FPP), com o apoio da Câmara Municipal (CM) de Coimbra. O vice-presidente da CM Coimbra esteve hoje na conferência de imprensa de apresentação do evento. Carlos Cidade congratulou-se com a realização do evento em Coimbra e revelou que a Câmara está a concluir o projeto para um novo skatepark no Vale das Flores, junto à Ponte Rainha Santa Isabel, que deverá estar em condições de ser aprovado e lançado a concurso no primeiro trimestre de 2019. 

O primeiro Campeonato Nacional “Indoor” de Skate organizado em Portugal vai decorrer no sábado em Coimbra. A iniciativa partiu da APC, que encontrou o apoio necessário na FPP e na CM Coimbra para a realização da competição. “É com grande honra, prazer e orgulho que recebemos esta prova”, salientou o vice-presidente e vereador do Desporto da CM Coimbra, durante a conferência de imprensa que decorreu no Pavilhão Mário Mexia. “E isso só é possível devido a esta dinâmica notável da Associação de Patinagem de Coimbra que, com a ajuda da Federação Portuguesa de Patinagem, assumiu a responsabilidade de alavancar estas novas variantes”, avançou Carlos Cidade, concluindo: “Vai ser um espetáculo diferente numa grande cidade, Coimbra”.

A prova vai realizar-se nas categorias sub10, sub12, sub14, sub16, sub18 e seniores masculinos e sub14 e seniores femininos, e os vencedores de cada uma das categorias vão sagrar-se campeões nacionais, no sábado, em Coimbra. “Como este é o primeiro campeonato nacional ‘indoor’ quem ganhar no sábado, em cada uma das categorias, é campeão nacional”, explicou o vice-presidente da FPP, Gustavo Sousa, que agradeceu, ainda, todo o apoio da CM Coimbra para a realização deste primeiro evento a nível nacional. Um agradecimento efetuado também pelo presidente adjunto da APC, Álvaro Fernandes, que explicou que a instituição decidiu adquirir o material para a realização da prova, material esse, salientou, que irá servir para a realização de outros eventos na cidade e na região.  

A organização espera a participação de 30 a 40 skaters, estando já confirmados entre 12 a 14 atletas da APC. “Estamos no arranque da modalidade e não conseguimos quantificar o número de atletas praticantes. Uma das grandes vantagens da prova passa também pela identificação dos participantes”, justificou o diretor da prova, da APC, Rui Aleixo, adiantando, ainda, que as inscrições já estão a decorrer, mas podem também ser efetuadas no próprio dia da competição, durante a manhã, nomeadamente para todos os atletas não federados. 

As portas do pavilhão abrem às 10h00 para acolher todos os praticantes e adeptos da modalidade. A entrega dos prémios está prevista para as 18h30.

Coimbra vai ter um novo skatepark

Uma das novidades da conferência de imprensa de apresentação do evento foi dada pelo vice-presidente da CM Coimbra. Carlos Cidade informou os presentes que a CM Coimbra assumiu “o desenvolvimento de um projeto de skate ao ar livre, que está em fase final de execução”. “Será para ser implementado no Vale das Flores, junto à Ponte Europa [Ponte Rainha Santa Isabel]”, acrescentou o autarca, adiantando que “no primeiro trimestre do próximo ano, já deverá haver condições para o projeto ser aprovado e lançado o concurso”. 

Carlos Cidade argumentou que “há um conjunto de jovens e menos jovens que praticam skate em Coimbra e que vão a todas as provas que se realizam no país” porque não existem respostas adequadas em Coimbra. “É uma falha que sentimos em relação a esta modalidade”, considerou, explicando que a existência de praticantes e a falta de infraestruturas em Coimbra – só existe um skatepark na margem esquerda, mas que é mais um espaço lúdico, de aprendizagem, argumentou o vereador – levou a que avançassem com o projeto. “Durante o próximo ano teremos uma nova infraestrutura desportiva para esta modalidade”, assegurou Carlos Cidade.

Uma novidade muito bem recebida pelos presentes. O vice-presidente da FPP, Gustavo Sousa, aplaudiu a iniciativa e comprometeu-se a realizar uma prova de inauguração do espaço e a incluir uma passagem por Coimbra no circuito nacional.