Filipe Albuquerque e André Sousa homenageados pelo Município

O piloto Filipe Albuquerque, vencedor das 24 Horas de Daytona, e o guarda-redes André Sousa, campeão do Europeu de futsal, realçaram hoje a importância de "levar longe" o nome de Coimbra, numa dupla homenagem da Câmara Municipal. O presidente da autarquia, Manuel Machado, realçou o “esforço e trabalho” dos atletas e exortou-os a continuarem “a ser porta-bandeiras desta fantástica e encantada cidade”.

A Câmara Municipal de Coimbra (CMC) homenageou, esta manhã, no Salão Nobre dos Paços do Município, dois filhos da cidade pelas suas mais recentes conquistas, ao mais alto nível internacional, no automobilismo e no futsal, respetivamente, Filipe Albuquerque e André Sousa, atletas que destacaram a forte ligação afetiva que têm à cidade.

No discurso de homenagem aos campeões o presidente da CMC, Manuel Machado, manifestou o seu agradecimento e exortou os atletas conimbricenses a continuarem “a ser a porta-bandeiras” de Coimbra. O autarca destacou o “esforço empreendido, entusiasmo e dedicação” de André Sousa e Filipe Albuquerque, que se traduzem num “legado” para as gerações vindouras.

“Obrigado Filipe Albuquerque! Obrigado André Sousa! Nós temos um grande orgulho em vocês e estamos gratos por terem sido porta-bandeiras desta Coimbra que é, convosco, ainda mais uma encantada e fantástica cidade”, concluiu Manuel Machado.

Já André Sousa mostrou-se bastante emocionado e orgulhoso pela homenagem do município. O guarda-redes da seleção nacional de futsal recordou a sua passagem pela equipa de futsal da Académica, na qual aprendeu "todos os valores necessários à prática desportiva".

"Esta é a cidade onde me formei e onde dei os primeiros passos", como cidadão e depois como atleta profissional de futsal, acrescentou, frisando que importa "levar Coimbra ao mais alto patamar nacional e internacional", tanto no desporto, como no turismo e noutros domínios.

“Eu tenho o prazer e o orgulho de dizer que sou de Coimbra”, acrescentou André Sousa, agradecendo de seguida o apoio da família e amigos e à Câmara Municipal de Coimbra “por este prémio de mérito”, concluiu.

Por sua vez, Filipe Albuquerque contou que, quando participa em competições em diferentes países e lhe perguntam as suas origens, explica às pessoas que pertence a Coimbra, "uma cidade bonita" no centro de Portugal, mostrando-se, também, orgulhoso pela homenagem da autarquia.

“Claro que me sinto muito feliz e orgulhoso, porque nasci nesta cidade e tenho a sorte de o meu desporto me permitir continuar a viver onde quer que seja, e apesar de ter viajado pelo mundo inteiro a minha cidade de eleição é Coimbra”, salientou o piloto.

“Obrigado pelo carinho de todos que só me deixa mais feliz e com mais energia de vir a fazer grandes feitos”, concluiu Filipe Albuquerque.

Curiosidade para o facto de os dois jovens conimbricenses serem amigos de infância. A amizade entre o piloto, nascido em junho de 1985 e o guarda-redes de futsal, nascido em fevereiro do ano seguinte, foi visível durante a cerimónia. Colegas na escola Secundária José Falcão, onde partilharam a disciplina de Física, e vizinhos na rua Machado de Castro, os atletas seguiram depois o seu rumo profissional. Hoje voltaram a encontrar-se pelos melhores motivos.

Presentes na cerimónia estiveram também os vereadores da CMC, Carlos Cidade, Regina Bento, Carina Gomes e Paula Pêgo.

CMC / LUSA