Coimbra bateu recorde mundial do Guinness de patinadores num pavilhão

Coimbra entrou para o Livro de recordes do Guinness, este sábado, ao conseguir juntar 391 patinadores no Pavilhão Municipal Multidesportos Mário Mexia (PMMMM), batendo, assim, o recorde mundial que pertencia aos ingleses, com 371 patinadores. Uma proeza realizada no “Dia da Patinagem”, um evento dedicado à modalidade, que serviu ainda para dar a conhecer os vários desportos associados à patinagem e celebrar o crescimento da modalidade na região Centro. A iniciativa foi coorganizada pela Associação de Patinagem de Coimbra (APC) e Câmara Municipal de Coimbra.

O mote do encontro era quebrar o recorde mundial que pertencia aos ingleses, juntando um número superior a 371 patinadores dentro de um pavilhão. Um feito alcançado, ao reunirem-se 391 patinadores, de todas as idades, na tarde de sábado, no PMMMM. A iniciativa teve uma enorme adesão, contando com a inscrição de vários clubes, de grupos e também de pessoas não federadas, que, segundo a APC, chegaram a 40% dos inscritos.

“Em dois anos, [a modalidade] cresceu dos 300 para os 800 atletas, de todas as idades”, explicou o presidente da APC, Jorge Alves, em declarações ao Diário de Coimbra. “Até ao fim do ano serão criados mais cinco novos clubes na região Centro” para responder a esta procura, acrescentou ainda Jorge Alves, revelando ao jornal que vieram, por exemplo, 40 crianças e jovens de Carregal do Sal para participarem na iniciativa. Jorge Alves salientou ainda que, apesar de existir um crescimento no hóquei em patins, no hóquei em linha, no roller derby e na patinagem de velocidade, a patinagem artística é a que tem maior expressão na região Centro.

O recorde foi conquistado já ao final da tarde, num ambiente de festa, com todos os patinadores a percorrem, em cadeia, um percurso de 450 metros, dentro do pavilhão.