CMC quer requalificar a pista de atletismo do Estádio Cidade de Coimbra

A requalificação da pista de atletismo do Estádio Cidade de Coimbra (ECC) é uma das prioridades do atual executivo da Câmara Municipal de Coimbra (CMC) para o próximo ano. A afirmação foi feita pelo vereador do Desporto da CMC, Carlos Cidade, hoje, na conferência de imprensa de apresentação do Coimbra Trail Aeminium, que decorreu na Sala de Sessões dos Paços do Município. “É uma prioridade nossa a reabilitação daquela pista de atletismo”, assegurou o vereador, lembrando que “o atletismo já foi uma modalidade de referência em Coimbra” e defendendo a necessidade de existirem “condições para a prática da modalidade”.

“É importante perceber que o atletismo já foi uma modalidade de referência em Coimbra. Alguns atletas olímpicos saíram de Coimbra. Mas, depois, deixou de ser. E, na nossa estratégia, esta foi uma das modalidades que sentimos que era necessário reabilitar”, afirmou Carlos Cidade.

O autarca elogiou o presidente da Associação Distrital de Atletismo de Coimbra (ADAC), David Soares, “pelo amor ao atletismo”. “Praticamente partiram do zero. Em 2012, tinham dois clubes. Ou melhor, um clube e um atleta. Atualmente têm 7 clubes e 307 atletas filiados só no concelho de Coimbra”, acrescentou o vereador, aplaudindo o trabalho que está a ser feito pela ADAC e garantindo o total apoio da CMC.

O vereador do Desporto assegurou, então, que a reabilitação da pista de atletismo do ECC “é uma prioridade” para o próximo ano e informou os jornalistas presentes que já foi realizada “uma visita técnica, com um técnico especialista da Federação Portuguesa de Atletismo”, ao estádio, para perceberem o que é necessário fazer. “Está a ser feito um levantamento”, salientou. Uma intervenção que ainda não tem um valor definitivo, mas que, segundo Carlos Cidade, “calcula-se que possa andar nos 200 mil euros”.

Carlos Cidade considerou ainda que “a falta de cuidado na montagem dos espetáculos que decorreram no Estádio Cidade de Coimbra causou estragos em parte da pista de atletismo” e justificou a necessidade urgente de intervenção na pista pelo crescimento do número de atletas da modalidade, lembrando, por exemplo, o caso de Mauro Pereira. “Hoje há novamente excelentes atletas, que têm tido bons resultados e que Lisboa vem buscar aqui. O Mauro Pereira é um exemplo. Hoje é atleta do Sport Lisboa e Benfica e treina regularmente na pista do Estádio Cidade de Coimbra”, afirmou.

O presidente da ADAC, que também esteve na conferência de imprensa, enalteceu o apoio que a CMC, na pessoa do vereador do Desporto, tem dado à associação e ao desenvolvimento do atletismo em Coimbra. David Soares lembrou que Coimbra tem ainda dois infantis que são os melhores do país, nos 60 e 150 metros, sublinhou que, a nível distrital, a ADAC conta hoje com o número considerável de 816 atletas e 38 clubes filiados, e felicitou Carlos Cidade pelo compromisso da reabilitação da pista de atletismo do ECC.