Idosa de 103 anos participa em programa desportivo organizado pela CMC

O vereador do Desporto da Câmara Municipal de Coimbra, Carlos Cidade, marcou hoje presença no encerramento do programa “Compromisso com o Desporto Social – Atividade Física para a 3.ª Idade”, que terminou a temporada 2016/2017. Num gesto simbólico, entregou um diploma à participante mais idosa, de 103 anos, de seu nome Gabriela, que se mostrou comovida com esta  distinção.

Ao dirigir-se aos presentes, Carlos Cidade expressou o desejo de que todos se sintam felizes, dando a CMC um contributo nesse sentido, colocando ao dispor técnicos e equipamentos desportivos. Em jeito de brincadeira, o vereador afirmou que “a vossa época desportiva termina hoje”, acrescentando: “espero que os técnicos se tenham portado bem.

Igualmente presente esteve Francisco Paz, diretor do Departamento de Cultura, Turismo e Desporto da CMC, que no final cortou o bolo que tinha a imagem do diploma ofertado a todos os participantes. O encerramento deste programa fez-se com uma aula de ginástica e jogos tradicionais que juntou utentes, as instituições e o grupo “Vivência”, da Aposénior.


Criado em 2013, o “Compromisso com o Desporto Social – Atividade Física para a 3.ª Idade” tem vindo a crescer ao longo dos anos, contando, nesta edição, com a participação recorde de 435 utentes que integram 16 instituições do concelho.

Ao criar este programa, a CMC quis promover a prática de atividade física junto da população sénior do concelho, de forma a melhorar a sua condição física e psicológica e beneficiar o seu relacionamento social e autoestima. Para a prossecução deste objetivo, a Câmara disponibiliza equipamentos desportivos e técnicos especializados, que acompanham e orientam as atividades dos participantes. Muitas das vezes, estes técnicos deslocam-se pelo concelho, levando a atividade física às instituições.

Este ano, dos 435 utentes inscritos nesta edição, 157 participaram em atividades em meio aquático e 278 em meio terrestre. As Piscinas Municipais Rui Abreu foram as que mais utentes receberam, para as aulas em meio aquático (utentes de Torre de Vilela, Centro de Solidariedade Social da Adémia, Centro Paroquial da Pedrulha, ANAI e Centro Social do Botão). Já as aulas em meio terrestre mais participadas aconteceram nos Centros de Dia (Obra Social Torre de Vilela, Centro da Adémia, Centro Paroquial da Pedrulha, Centro de Almalaguês, Celium e Santa Casa da Misericórdia).

O programa municipal deste ano contou com a adesão das seguintes instituições: Obra Social de Torre de Vilela, C.S.S. da Adémia, Celium, C.P.B.E.S. de Almalaguês-Centro de Dia, C.P.B.E.S. de Almalaguês-Lar, ANAI, C.S. Rainha Santa, Casa de Repouso, C.S.C.R. do Botão, Graça de S. Filipe, Santa Casa da Misericórdia de Coimbra, Casa dos Pobres, C.P. da Pedrulha, Centro Comunitário de Desenvolvimento e Solidariedade Social de Coimbra, Centro Paroquial de S.S. de Ribeira de Frades, Centro Social Paroquial de São João do Campo e Centro de Apoio Social de Souselas.