Câmara apoia eventos culturais com 87 mil euros

O executivo da Câmara Municipal (CM) de Coimbra aprovou, na reunião que está em curso, a atribuição três apoios financeiros pontuais, no valor global de 87 mil euros, para a realização de outros tantos eventos culturais no concelho, mais concretamente o Prémio Estação Imagem Coimbra 2019 (a decorrer de 23 de abril a 21 de junho), o VII Ciclo de Requiem Coimbra 2019 (a decorrer de 23 de março a 6 de setembro) e a XVII Jornadas de Cultura Popular (a decorrer de 8 de março a 5 de abril). Todos os eventos culturais revestem-se de interesse municipal e potenciam a promoção cultural e turística da cidade de Coimbra no panorama nacional.

O Prémio Estação Imagem decorreu, pela primeira vez em Coimbra, no ano passado. Um evento coorganizado pela associação Estação Imagem e pela CM Coimbra, cujo sucesso ficou claro pelo elevado número de visitantes aos diversos espaços do evento e pelas inúmeras referências na imprensa nacional. A segunda edição deste projeto em Coimbra promete, pois, fortalecer o protagonismo cultural e turístico da cidade no panorama nacional e também internacional, sendo que este é um evento único no país, numa área artística pouco explorada, que apresenta uma programação de elevada qualidade e se enquadra na estratégia de fomento cultural e artístico da autarquia. O apoio a atribuir à associação Estação Imagem será de cerca de 75 mil euros. 

O Prémio Estação Imagem 2019 irá decorrer em Coimbra, entre o dia 23 de abril e o dia 21 de junho. Trata-se, pois, de um evento com projeção internacional, que integra um prémio de fotojornalismo, a atribuição de uma bolsa, exposições, edição de livros, workshops, uma feira do livro de fotografia, conferências e outras atividades paralelas. O prémio internacional de jornalismo está aberto à participação de fotojornalistas portugueses, dos PALOP e da Galiza, bem como os estrangeiros aí residentes. Promove, essencialmente, a reportagem fotográfica e tem nove categorias a concurso: Notícias, Assuntos Contemporâneos, Vida Quotidiana, Desporto, Arte e Espetáculos, Ambiente, Série de Retratos, Fotografia do Ano e Prémio Europa. Os trabalhos premiados dão origem a uma exposição e à publicação de um livro.

Já o VII Ciclo de Requiem Coimbra 2019 vai contemplar seis concertos que contarão com a participação de cinco coros e quatro orquestras, nos dias 23 e 31 de março, 6, 12 e 19 de abril e 6 de setembro, em diferentes espaços da cidade, desde o Conservatório de Música de Coimbra, Capela de S. Miguel e Convento São Francisco. O evento é organizado desde 2013, pela Ecos do Passado – Associação, e este ano vai internacionalizar-se pela primeira vez, através da realização de um concerto, na Polónia, a 12 de abril, fruto de um intercâmbio entre o Coro Sinfónico Inês de Castro e o Coro Universidade de Rzeszów. Esse concerto será repetido em Coimbra no dia 6 de setembro. A CM Coimbra vai apoiar o evento com um montante de 10 mil euros, ajuda na divulgação e a cedência do grande auditório do Convento São Francisco.

Por último, as XVII Jornadas de Cultura Popular “Ofícios, Cantos e Contos: A Mulher e a Cultura Popular”, organizadas pelo GEFAC - Grupo de Etnografia e Folclore da Academia de Coimbra, vão decorrer entre 8 de março e 5 de abril. Um evento bienal, que tem como intuito promover o encontro da comunidade com a cultura portuguesa e de outros povos, proporcionando à cidade momentos valiosos de reflexão e cultura popular, através da realização de colóquios, mesas redondas, exposições, espetáculos nacionais e internacionais e outras manifestações de rua, como feiras, arruadas e cortejos musicais. A autarquia vai apoiar a realização do evento com dois mil euros.