Print this page

Candidaturas a apoio financeiro para o associativismo cultural geral começam em março

  • Jan. 04, 2019

As candidaturas ao apoio financeiro municipal ao associativismo cultural para atividade permanente para 2019, para o associativismo cultural geral, começam a 1 de março de 2019. A este apoio podem candidatar-se os agentes culturais legalmente constituídos, que prossigam fins de interesse municipal em Coimbra, nas áreas da música, dança, etnografia e folclore, teatro, cinema e audiovisual, artes plásticas e visuais, cultura e recreio. Não são elegíveis, nestas candidaturas, as entidades que têm a seu cargo a gestão de equipamentos culturais municipais, que dispõem de aviso específico e autónomo (iniciando-se o período de candidaturas a 15 de janeiro).

Com o propósito de valorizar o trabalho produzido pelo tecido associativo do concelho no domínio da cultura, e para estimular a produção e a criatividade cultural de qualidade, salvaguardar os traços essenciais da cultura e património locais e investir no desenvolvimento cultural e na democratização do acesso à cultura, a CM Coimbra avança novamente com a concessão de apoio financeiro municipal para atividade permanente aos agentes culturais do concelho.

A CM Coimbra avança, assim, com o período de abertura de candidaturas para 2019, que decorrerá entre as 09h00 do dia 1 de março e as 17h00 do dia 10 de abril de 2019. As candidaturas devem ser submetidas através de uma aplicação informática, disponibilizada pela autarquia, e devem ser acompanhadas por um conjunto de documentos elencados no aviso de abertura de candidaturas.

A avaliação das candidaturas é da responsabilidade da CM Coimbra e fica sujeita a critérios de avaliação gerais (com ponderação de 60% na pontuação final) e específicos (ponderação de 40% na pontuação final), sendo que estes últimos são definidos mediante a tipologia da associação: música, dança, etnografia e folclore, teatro, cinema e audiovisual, artes plásticas e visuais, cultura e recreio ou outras cujas atividades evidenciem  interesse cultural. Cada critério terá também uma ponderação e será avaliado numa escala de 0 a 20.

Após o encerramento do período de candidaturas, a 10 de abril, a CM Coimbra deverá apresentar as suas decisões no prazo máximo de 60 dias e essas devem englobar a avaliação da candidatura, os totais da pontuação obtida em cada critério e o valor do apoio a conceder às entidades selecionadas. A avaliação final das candidaturas e os apoios concedidos serão publicado em edital e ficarão disponíveis para consulta pública na página eletrónica da CM Coimbra.