Câmara apoia associações culturais com mais de 900.000 euros em 2018

O executivo da Câmara Municipal de Coimbra (CMC) aprovou, na sua reunião de hoje, uma proposta para a atribuição de apoios financeiros no valor global de 363.000 euros às associações culturais que se candidataram ao “Apoio Financeiro Municipal ao Associativismo Cultural para Atividade Permanente para 2018 – Associativismo Cultural Geral”, com a finalidade de as dotar das condições necessárias ao normal desenvolvimento das suas atividades. A este valor acrescem 435.000 euros de apoio às entidades que gerem equipamentos culturais municipais (Orquestra Clássica do Centro; O Teatrão; Encontros de Fotografia; e Escola da Noite) e 110 mil euros já atribuídos a projetos pontuais, o que perfaz um apoio financeiro global de 908.000 euros às associações culturais do concelho no corrente ano.

Com o propósito de valorizar o trabalho produzido pelo tecido associativo de Coimbra no domínio da cultura, a CMC abriu candidaturas ao Apoio Financeiro Municipal ao Associativismo Cultural para Atividade Permanente para 2018 para o Associativismo Cultural Geral.

Este ano foram validadas 106 candidaturas (mais 19 do que em 2017), traduzindo-se num apoio financeiro global de 363.000 euros (mais 99.500 euros do que em 2017). O grande aumento dá-se nas entidades que desenvolvem a sua atividade na área da música. Este ano foram validadas 40 candidaturas (26 em 2017), o que perfaz um apoio de 157.750 euros para esta área (66.250 euros em 2017). Nos restantes grupos, foram aprovadas 21 candidaturas na área da etnografia e folclore (43.500 euros), 6 na área do teatro (37.750 euros), 1 na área do cinema e audiovisual (2750 euros), 2 na área das artes plásticas e visuais (47.000 euros), 14 na área de cultura e recreio (43.500 euros) e 22 são outras associações cujas atividades evidenciam interesse cultural (30.750 euros).

De salientar que, após apreciação dos documentos das candidaturas enviados pelas associações, as mesmas receberam a grelha de avaliação produzida pelos serviços da CMC, tendo sido convidadas a pronunciarem-se sobre as avaliações de que foram alvo.

Agora que aprovada a proposta pelo executivo municipal proceder-se-á à assinatura dos Protocolos de Apoio Financeiro Municipal ao Associativismo Cultural para Atividade Permanente para 2018 - Associativismo Cultural Geral, a celebrar entre o Município e os respetivos agentes culturais.

Com estes 363.000 euros, os apoios financeiros concedidos pela CMC à área da Cultura, para o ano em curso, totalizam 908.000 euros, uma vez que a este montante se junta 80.000 euros atribuídos à Escola da Noite, 180.000 euros à Orquestra Clássica do Centro, 85.000 euros à Encontros de Fotografia, 90.000 euros a O Teatrão, destinados ao desenvolvimento da sua atividade regular, bem como à gestão dos equipamentos culturais municipais pelos quais estão responsáveis, e 110.000 euros em apoios pontuais, cujas decisões ocorreram nos primeiros cinco meses do ano.

Refira-se que, até ao final do corrente ano, ainda poderão ser objeto de análise e decisão pelo executivo outros projetos culturais, prevendo-se, assim, que o valor global de apoio às associações culturais venha a aumentar.

Recorde-se que a Câmara Municipal de Coimbra, com os contributos das associações culturais, alterou radicalmente o modelo de Apoio Financeiro Municipal ao Associativismo Cultural, instituindo critérios objetivos e previamente conhecidos. Nos últimos anos, não só o número e o montante dos apoios atribuídos aumentou, como a dotação da cultura no orçamento global da CMC tem sido significativamente reforçada.