“Luz” de Cuca Roseta iluminou o Convento São Francisco

“Luz” de Cuca Roseta iluminou, ontem à noite, o Grande Auditório do Convento São Francisco. A fadista encheu a sala para apresentar o seu novo disco num concerto fascinante.

“Luzinha”, “Triste Sina”, “Foge”, “Sábio Mudo”, “Versos Contados”, “Nos Teus Braços”, e “Balelas” foram alguns dos temas do novo álbum interpretados pela artista num regresso muito esperado a Coimbra.

Depois do estrondoso sucesso do seu último disco, Cuca Roseta apresenta agora uma nova “Luz”, que dá novo brilho ao seu caminho, sendo o que mais longe vai na definição daquele que é o seu fado. Um álbum em sintonia absoluta com o lado solar da vida e que reúne um conjunto de autores de prestígio entre os quais se destacam Pedro da Silva Martins, Jorge Fernando, Mário Pacheco, Hélder Moutinho ou Carolina Deslandes.

Cuca Roseta vem reivindicando, desde há muito, um fado pessoal, feito à sua medida, não se entregando apenas nas mãos de terceiros, mas propondo também as suas autorias, aplicando-lhe uma marca verdadeira e única. Um fado, por assim dizer, pessoal, intransmissível e reconhecível num par de segundos. Esse tem sido o caminho de revelação de Cuca Roseta - que o tem percorrido descobrindo-se e revelando-se plenamente, como intérprete, autora, compositora, letrista, mulher inteira no fado.