Estação Imagem apresenta exposição de fotojornalismo em Coimbra

Foi aberta ao público, na passada sexta-feira, na Casa Municipal da Cultura, a exposição de fotografia “Americanos”, do fotojornalista Christopher Morris. Esta é a primeira de muitas exposições que a Câmara Municipal de Coimbra (CMC) e a Estação Imagem irão trazer à cidade durante este ano.

A abertura da exposição “Americanos”, do fotojornalista Christopher Morris, contou com a presença da vereadora da Cultura da CMC, Carina Gomes, e do do Diretor da Estação Imagem, Luís Vasconcelos. Para Carina Gomes, o acolhimento deste prémio em Coimbra é particularmente importante porque “em termos da política cultural a Câmara prometeu trazer para Coimbra grandes eventos de relevância nacional e internacional. Especificamente, comprometemo-nos em trazer para Coimbra um grande evento na área do fotojornalismo e esta é a concretização dessa promessa. Nós temos a clara ideia que nos devemos rodear de especialistas quando queremos trazer para Coimbra estes grandes eventos que nos diferenciam e Luís Vasconcelos é um desses especialistas.”

Para Luís Vasconcelos, “esta exposição funciona como um cartão-de-visita da Estação Imagem na sua vinda para Coimbra. O prémio que nós coorganizamos com a Câmara Municipal de Coimbra realiza-se a partir do dia 17 de abril e queríamos mostrar em Coimbra um pouco do trabalho que temos feito e esta exposição é um marco das nossas atividades, é a primeira exposição integralmente produzida por nós”, salientou o Diretor da Estação Imagem.

As fotografias que agora podemos ver na Casa Municipal da Cultura pertencem a Christopher Morris, que nasceu em 1958, na Califórnia. Atualmente com base em Paris, começou a sua carreira como fotógrafo documentalista de conflitos, trabalhando quase exclusivamente para a revista Time, onde está desde 1990. O seu papel sobre a cobertura política nos Estados Unidos, pela forma como o redefiniu, enquanto, entre 2000 e 2009, trabalhou para a Revista Time na Casa Branca, foi bastante reconhecido. Mais tarde, o fotógrafo alargou o seu trabalho ao mundo da moda. Recebeu vários prémios, dos quais se destacam a Medalha de Ouro Robert Capa, o Prémio Oliver Rebbot, o Prémio Jornalismo Overseas Press Club, dois Infinity Awards de fotojornalismo internacional Center of Photography em Nova Iorque, o PDN Look Fashion Editorial Award, bem como numerosos prémios da World Press Photo. Morris é um dos membros fundadores da Agência VIII de fotojornalismo, com sede em Nova Iorque.

De referir o Prémio Estação Imagem é realizado anualmente, desde 2010, tendo as edições de 2010 a 2014 decorrido em Mora e de 2015 a 2017 em Viana do Castelo. Em 2018 irá decorrer pela primeira vez em Coimbra, a partir de 17 de abril, e será coorganizado pela Câmara Municipal de Coimbra e pela Estação Imagem. Neste prémio podem participar fotojornalistas portugueses, dos PALOP e da Galiza, bem como os estrangeiros aí residentes.

O evento, com projeção internacional, integra um Prémio de fotojornalismo, a atribuição de uma bolsa, exposições, edição de livros, workshops, uma feira do livro de fotografia, conferências e outras atividades paralelas.

Esta exposição ficará patente até 6 de abril de 2018, podendo ser visitada de segunda a sexta, das 9h00 às 19h30, e sábados, das 13h00 às 19h00.