Os Quatro e Meia colocam os “Pontos nos Is”, em dose tripla, no CSF

Foram precisas três datas para que todos os interessados pudessem assistir ao concerto da banda “Os Quatro e Meia”, que se formou em Coimbra, em 2013. Nos passados dias 25, 26 e 27 de janeiro, o grande auditório do Convento São Francisco (CSF) esgotou para assistir à apresentação do álbum de estreia, “Pontos nos Is”, lançado em junho do ano passado.

“Os Quatro e Meia” protagonizaram três espetáculos no grande auditório do CSF, nas noites de quinta, sexta e sábado. O público rendeu-se à apresentação do novo álbum “Pontos nos Is” e aos artistas, que se fizeram acompanhar por vários convidados especiais: Miguel Araújo, João Gil, João Só e Tiago Nacarato.

Um grupo de amigos, com gosto comum pela música, juntou-se em maio de 2013, por ocasião de um Sarau de Gala realizado no Teatro Académico Gil Vicente, e deu origem a esta banda, que tem Coimbra como denominador comum nas suas vidas.

Ao som de guitarra, contrabaixo, violino, acordeão, bandolim e percussão, o grupo tem procurado agregar o mais variado manancial de música portuguesa de qualidade, desde o estilo “Pop-Rock” até ao “Fado”, numa tentativa de conferir novas sonoridades e olhares sobre algumas das mais belas canções criadas no nosso país.

A banda é formada por João Cristóvão Rodrigues (violino e bandolim), Mário Ferreira (acordeão e voz), Pedro Figueiredo (Percussão), Ricardo Liz Almeida (guitarra e voz), Rui Marques (contrabaixo) e Tiago Nogueira (guitarra e voz). De forma descontraída, “Os Quatro e Meia” procuram compartilhar com o público bons momentos animação e dar uma nova roupagem à música portuguesa.