Coimbra acolhe reunião do Comité de Acompanhamento do projeto Cidades CENCYL +

Coimbra acolheu, na manhã de ontem, a terceira reunião do Comité de Acompanhamento do projeto Cidades CENCYL +, que decorre no âmbito da Rede de Cidades CENCYL, da qual Coimbra faz parte desde a sua fundação. A reunião serviu para fazer um ponto de situação sobre as atividades que estão a ser desenvolvidas pelos quatro grupos de trabalho existentes e juntou, no Gabinete de Apoio ao Investidor da Câmara Municipal de Coimbra, representantes dos municípios de Aveiro, Coimbra, Figueira da Foz, Guarda, Viseu, Ciudad Rodrigo, Salamanca e Valladolid, das administrações dos portos de Aveiro e Leixões e da Associação Cylog.

É a terceira reunião do Comité de Acompanhamento do projeto Cidades CENCYL + e teve como ordem de trabalhos informações sobre as atividades que estão a ser desenvolvidas pelos quatro grupos de trabalho – Logística e Transportes; Fóruns de Aprendizagem Comuns; Empreendimento Juvenil; e Património, Cultura e Turismo –, alterações financeiras ao projeto e calendarização das próximas atividades.

O projeto Cidades CENCYL + conta com um orçamento de 1,2 milhões de euros – comparticipado pelo FEDER (Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional) em mais de 915.000 euros – para a missão de consolidar a Rede Cidades CENCYL como organismo de cooperação territorial, capaz de aproveitar os desafios e oportunidades do espaço urbano transfronteiriço.

Este projeto tem como objetivos o desenvolvimento e a coordenação de planos estratégicos transfronteiriços da rede; a integração institucional para a governança transfronteiriça; a integração do espaço social transfronteiriço e o estabelecimento de mecanismos de gestão conjunta para a valorização do património.

A Rede de Cidades CENCYL é um organismo de cooperação territorial, criado em junho de 2013, que junta oito cidades da Região Centro de Portugal e da Região de Castela e Leão onde residem mais de 900 mil pessoas. A Rede Urbana CENCYL inclui, para além de Coimbra, os municípios de Figueira da Foz, Aveiro, Viseu, Guarda, Ciudad Rodrigo, Salamanca e Valladolid, as administrações dos portos de Aveiro e Leixões e a Associação Cylog.