Espetáculo de encerramento dos Encontros Mágicos contou com meio milhar de espetadores

O espetáculo de encerramento da 21.ª edição dos Encontros Mágicos - Festival Internacional de Magia de Coimbra, que decorreu esta manhã, no Parque Linear do Vale das Flores, contou com cerca de meio milhar de espetadores. Um número comprovativo da qualidade deste festival. O presidente da Câmara Municipal de Coimbra (CMC), Manuel Machado, e a vereadora da Cultura, Carina Gomes, também estiveram presentes.

“É uma alegria enorme saber que ao longo destes 25 anos fomos criando públicos (…) e tornando indelével a presença da magia em Coimbra”, adiantou Luís de Matos, durante o espetáculo de encerramento do evento que a sua produtora produz e conta com organização e financiamento da CMC. O mágico destacou que esta edição se revestiu de um cariz especial. “Foi um ano onde a magia de rua continua a acontecer, um ano em que trouxemos um espetáculo para invisuais, o ano em que, pela primeira vez, um evento desta natureza foi transmitido em direto pela RTP1, a partir de Coimbra”.

Luís de Matos transmitiu, ainda, o sentimento de dever cumprido da organização dos Encontros Mágicos, pela criação de novos públicos. “Levando a Cultura a mais pessoas, estamos a contribuir para uma noção plural de Cultura, em que ninguém fica de lado, utilizando uma linguagem universal”, reforçou o mágico. “Obrigado à Câmara Municipal de Coimbra, que sempre nos apoiou, que sempre quis fazer os Encontros Mágicos”, salientou ainda Luís de Matos, deixando um até já e esperando voltar a merecer a confiança da CMC no próximo ano.

Carina Gomes considerou, por sua vez, que a 21.ª edição dos Encontros Mágicos, no ano em se celebram 25 anos (começaram em 1992, seguiu-se um interregno, para depois não mais pararem), “foi sem dúvida o melhor evento de sempre”. “Em primeiro lugar porque trouxemos a Coimbra um evento inédito (…), a Magia na Escuridão, um espetáculo de magia preparado para pessoas invisuais; em segundo porque também tivemos, pela primeira vez, em direto e em horário nobre na RTP1, a Gala de Magia, chegando a muitos milhares de portugueses espalhados pelo mundo inteiro, e por fim, porque em todos os anos em que fui acompanhando os Encontros Mágicos, nunca vi uma moldura humana como esta que aqui está hoje”, afirmou a vereadora da Cultura da CMC.

Foram seis dias de espetáculos, com 19 artistas de 13 países diferentes. O público numeroso no espetáculo de encerramento deu um colorido especial ao Parque Linear do Vale das Flores e recebeu entusiasticamente os mágicos que atuaram. A festa de encerramento contou com truques realizados por Cliif do Reino Unido; Diogo Alvares do Brasil; Gabriel Ferreira de Portugal; Kamimaro do Japão; Kayto de Espanha; Lebart da Argentina; Mago Daba da Argentina; Mago Rafa da Espanha; Raul Camaguey de Cuba; e, Vittorio Marino de Itália.

No final, a plateia aplaudiu de pé os artistas e a manhã terminou em festa, com todos os mágicos que participaram nesta edição a darem autógrafos às dezenas de pessoas presentes.