"Na Música Todos Contam" aplaudido de pé no Convento São Francisco

O grande auditório do Convento São Francisco (CSF) acolheu, esta tarde, o concerto final do projeto municipal “Na Música Todos Contam”, implementado pela Orquestra Clássica do Centro (OCC). Um espetáculo que juntou em palco crianças de 12 escolas 1º ciclo do Ensino Básico (EB1) da rede municipal, idosos de 12 Instituições Particulares de Solidariedade Social (IPSS) do concelho, e músicos da OCC.

O presidente da Câmara Municipal de Coimbra (CMC), Manuel Machado, e os vereadores da Educação e da Cultura, respetivamente Jorge Alves e Carina Gomes, estiveram a assistir ao concerto, que conseguiu sala cheia e uma ovação das centenas de pessoas presentes.

“Na Música Todos Contam” é um projeto educativo e social, dirigido a crianças do 3º e do 4º ano de escolaridade das EB1 da rede pública municipal e a idosos das IPSS do concelho. Um programa promovido pela CMC e desenvolvido pela OCC, que pretende proporcionar aos seus participantes uma interação direta com músicos profissionais, que vão explicando um pouco do processo da música, da sua história, e dinamizam atividades musicais com os vários grupos. A iniciativa arrancou no início do ano letivo e terminou hoje com um grande concerto no CSF.

A soprano Marina Pacheco e o tenor Mário Alves, da OCC, que orientaram as crianças e os idosos durante o ano letivo, estiveram em palco, a cantar com eles, ao som da orquestra e sob a direção do maestro José Eduardo Gomes. Os “Toreadors” da Ópera “Carmen”, de G. Bizet, "La Donna è Mobile", da Ópera “Rigoletto” de G. Verdi, ou o “Can Can” da Ópera “Orphée Aux Enfers”, de J. Offenbach, foram algum dos temas que receberam os maiores aplausos da plateia, assim como “Venham mais Cinco”, de Zeca Afonso. O público emocionou-se, bateu palmas a cada interpretação e, no final, aplaudiu de pé a prestação das crianças, dos idosos e da OCC.

O projeto “Na Música Todos Contam” contou, este ano, com a participação dos alunos do 3º e 4º ano das EB1 De Antanhol, Arzila, Ceira, Pedrulha, S. João do Campo, S. Martinho de Árvore, S. Martinho do Bispo, Santa Apolónia, Santa Cruz, Souselas, Tovim e Trouxemil e com os idosos da Associação Nacional de Apoio ao Idoso, Celium, Centro Comunitário de Desenvolvimento e Solidariedade Social, Centro de Dia Rainha Santa Isabel, Centro Social Paroquial S. João do Campo, Centro Sócio-Cultural Polivalente de S. Martinho do Bispo, Centro Sócio-Cultural Nossa Senhora de Lurdes, CSNS Conceição - Assafarge, Lar de Idosos da Venerável Ordem Terceira da Penitência de S. Francisco, Lar de Santo António e Lar Graça de S. Filipe.

Jorge Alves quer que, nos próximos anos, o projeto chegue a todas as escolas da rede pública e a todas as IPSS do concelho.