Sala da Cidade acolhe exposição de fotografia

A Câmara Municipal de Coimbra (CMC) e o Movimento de Expressão Fotográfica (MEF) abriram hoje ao público a exposição “Integrar pela Arte – Este Espaço Que Habito”, na Sala da Cidade (Rua Olímpio Nicolau Rui Fernandes, espaço contíguo aos Paços do Município). A vereadora da Cultura da CMC, Carina Gomes, e o vereador da Educação, Jorge Alves, estiveram no evento, que contou com a presença da coordenadora do projeto, Tânia Araújo.

A iniciativa resulta de um desafio que o Movimento de Expressão Fotográfica (MEF) lançou, entre 2014 e 2015, a jovens que se encontram em cumprimento de medida tutelar de internamento (integrados em seis Centros Educativos do país, localizados nas áreas de Lisboa, Guarda, Porto e Coimbra – Centro Educativo dos Olivais), no intuito de captarem imagens do espaço onde se encontram e da cidade que os acolhe. A inauguração desta tarde contou com a presença de quatro jovens do Centro Educativo dos Olivais, acompanhados pela diretora daquele espaço, Ângela Portugal.

O repto, lançado no âmbito do projeto que dá nome à exposição de Fotografia – “Integrar pela Arte – Este Espaço Que Habito” (financiado pelo programa PARTIS – Práticas Artísticas para Inclusão Social, da Fundação Calouste Gulbenkian) dividiu-se, essencialmente, em quatro fases: a construção, por cada um dos jovens, de câmaras “pinhole”; a escolha dos locais a fotografar; a revelação e seleção das imagens captadas; e a construção de um diário onde os jovens foram registando o processo criativo e aquilo que foram sentindo e aprendendo ao longo de todo o curso da iniciativa.

Os vereadores da Cultura e Educação, Carina Gomes e Jorge Alves, respetivamente, enalteceram a iniciativa, lançando o desafio a todos os jovens para que, num futuro próximo, possam transmitir esta experiência, ensinando outras pessoas. 

O MEF, numa perspetiva de continuidade de projetos anteriores de Integração pela Arte, que encontram na imagem fotográfica uma ferramenta potenciadora de desenvolvimento pessoal e de integração dos jovens envolvidos, pretendeu, com este projeto, trabalhar com os jovens, questões como a motivação, o desenvolvimento das capacidades de observação e reflexão das expressões artísticas, mas, também, o desenvolvimento e descoberta pessoal, a promoção da auto estima e confiança, bem como a capacidade de partilha e de cooperação dos intervenientes.

A exposição, de entrada livre, já passou este ano pelos Espaços do Município da Guarda, pela Casa das Artes no Porto e estará agora patente na Sala da Cidade, em Coimbra, até ao próximo dia 19 de novembro, podendo ser visitada de terça-feira a sábado, das 13h00 às 18h00 (encerra aos domingos, segundas-feiras e feriados). De seguida a mostra seguirá depois para o Arquivo Municipal de Lisboa - Fotográfico.