Ano Novo e Dia de Reis com várias evocações culturais pela cidade de Coimbra

A programação cultural municipal de Natal e Fim de Ano 2017 está a chegar ao fim, numa altura em que se aproxima o Dia de Reis. Para celebrar este momento estão previstas várias evocações na cidade, designadamente, concertos de Ano Novo e de Reis e o Cantar os Reis, na Casa-Museu Miguel Torga.

Neste contexto destacamos, hoje, dia 5 de janeiro, uma atuação de rua (junto ao Museu Municipal/Edifício Chiado), pelas 16h30, do Grupo de Cavaquinhos da Aposenior. Já a partir das 21h00, a antiga igreja do Convento São Francisco recebe um Concerto de Reis, pelo Coro dos Antigos Orfeonistas da Universidade de Coimbra e o Coimbra Gospel Choir. O evento tem cariz solidário, a favor da Associação das Cozinhas Económicas Rainha Santa Isabel, pelo que o acesso é feito através de um contributo (em géneros alimentares ou pecuniário). O levantamento de bilhetes pode ser feito na bilheteira do Convento São Francisco, a partir das 15h00 de hoje.

No sábado, dia 6, o Mercado Municipal D. Pedro V acolhe, a partir das 10h00, o projeto “Reinventar o Quotidiano”, promovido pela Associação Apojovi – Aposenior. Sábado é, também, o último dia para se poder visitar a Exposição/venda de Presépios Artesanais, no exterior do piso térreo do Mercado Municipal (antigo Posto Municipal de Coimbra), que abre ao público das 9h00 às 12h30 e das 13h00 às 16h30.

No sábado há também animação na Baixa da cidade, no período da tarde, das 14h00 às 17h00, com a presença do Grupo de Concertinas Sons de Casconha. Segue-se, pela mesma hora (17h00), mas junto ao Edifício Chiado, uma atuação do Grupo Vocal Ad Libitum e do coro infantil Cherubinni Ad Libitum. O Coro dos Antigos Orfeonistas da Universidade de Coimbra fecha a programação do Dia de Reis, com uma atuação no átrio dos Paços do Município de Coimbra, prevista para as 18h00.

Note-se que, para sábado, dia 6, estava ainda prevista uma atuação do Grupo Folclórico e Etnográfico “As Tecedeiras de Almalaguês”, cancelada, por motivos relacionados com o (muito recente) óbito de um dos seus mais antigos elementos.

A Câmara Municipal de Coimbra celebrará a entrada em 2018 proporcionando um Concerto de Ano Novo de acesso gratuito. É no domingo, dia 7, pelas 18h30 e caberá à Orquestra Clássica do Centro encher o Salão Nobre dos Paços do Município com obras festivas, de autoria de Mozart, Schubert e J. Strauss. A direção artística estará a cargo de José Eduardo Gomes.

Após o fim de semana, as atenções deslocam-se para a Casa-Museu Miguel Torga e para mais uma tradição que se faz cumprir, na próxima segunda-feira, dia 8, na casa outrora habitada pelo escritor e médico transmontano.

A Câmara Municipal de Coimbra lembra, uma vez mais, a representação (tão enraizada na cultura portuguesa) da chegada dos Reis Magos a Belém, uma manifestação que Torga tanto apreciava quando acolhia, em sua casa, vários grupos de cantares oriundos, também, da sua terra natal (Sabrosa, Vila Real), agraciando-os com vinho fino e iguarias típicas desta quadra festiva.

É a representação deste cenário que o público encontrará, a partir das 18h30, “à porta” da Casa-Museu Miguel Torga. Os cantares estarão a cargo do Grupo Etnográfico da Região de Coimbra.

O acesso é livre e o momento terá, por certo, junto de todos quantos a ele se associem, um efeito que fará jus às palavras que Torga proferiu, um dia, numa ocasião similar: Um grupo cultural dos meus sítios veio hoje cantar-me os reis. (...) Mas foram contentes e deixaram-me contente. Eles, justificados; e eu reidentificado.