Inaugurada hoje, na Casa da Escrita, exposição de Jaime Alberto do Couto Ferreira

A Casa da Escrita acolhe, a partir de hoje, 10 de julho, e até 28 de setembro, uma exposição de artes plásticas, da autoria de Jaime Alberto do Couto Ferreira, intitulada “É preciso que saibas!”. A exposição é inaugurada hoje pelas 18h00.

Jaime Alberto do Couto Ferreira nasceu em 1944, em Famalicão da Serra (Guarda). Foi Professor Catedrático de História Económica e Social, na Faculdade de Economia da Universidade de Coimbra, tendo-se aposentado em 2006.

Pintou, desenhou e participou em inúmeras exposições de artes plásticas, colóquios e conferências. Atualmente desenvolve atividade ligada às artes desenhando os seus amigos mais próximos.

Colaborou na Revista “Vértice”, com Joaquim Namorado, e conviveu com o núcleo neorrealista de Coimbra de que também fazia parte João José Cochofel (poeta que viveu na Casa da Escrita, espaço municipal que agora recebe o conjunto de obras concebidas por Jaime Alberto do Couto Ferreira).

Além da vertente artística, Jaime Ferreira escreveu diversos livros dos quais se destacam: “A dessacralização do pão: políticas de abastecimento no Antigo Regime: do concelho ao Estado Iluminista”, Campo das Letras; “Pangeia, Sala do Exame Privado. E a tacanhez de um tempo!”, Âncora; “Hieracita”, Âncora; “Joaquim Namorado: herói do Neo-realismo mágico”, Lápis de Memórias.