Embaixadora da Tunísia quer estreitar relações com Coimbra

A embaixadora da Tunísia em Portugal, Saloua Bahri, foi hoje recebida pela vice-presidente da Câmara Municipal de Coimbra (CMC), Rosa Reis Marques, na Sala de Despacho Privado dos Paços do Concelho. Naquela que foi a sua primeira visita a Coimbra, Saloua Bahri defendeu a importância de estreitar relações com a cidade, abordou a possibilidade de ser celebrada uma geminação com uma cidade tunisina e propôs a realização de um grande evento em Coimbra, que sirva para apresentar a Tunísia aos estudantes, aos conimbricenses e a todos os interessados. “Quero desenvolver a relação de cooperação e amizade com Coimbra, que é uma cidade cheia de história”, afirmou Saloua Bahri, durante a sua conversa com Rosa Reis Marques.

O fortalecimento das relações com Coimbra e a possível celebração de uma geminação entre uma cidade tunisina e a cidade do Mondego foram dois dos assuntos abordados na conversa entre a diplomata e a vice-presidente da CMC. Saloua Bahri elogiou a cidade de Coimbra, pela sua vivacidade e pela sua história, e defendeu a importância das relações sociais, culturais e económicas serem fortalecidas, recordando que este ano se comemoram os 60 anos da relação entre Portugal e Tunísia. A embaixadora falou ainda de uma possível geminação e ficou de avaliar qual a cidade que melhor se adequaria ao perfil de Coimbra.

Saloua Bahri mencionou também “o grande respeito” que a Tunísia tem por Portugal, revelando que o seu país muitas vezes se inspira na Constituição da República Portuguesa e nas políticas sociais praticadas em várias áreas, nomeadamente na Cultura, na Saúde e na Economia. “Admiro a política social portuguesa, que é um exemplo de inspiração, nomeadamente nas áreas da Saúde e na Economia”, afirmou a embaixadora, referindo ainda a importância de se estabelecerem ligações entre os jovens tunisinos e os portugueses que residem em Coimbra, através de intercâmbios entre as escolas e as universidades.

A embaixadora da Tunísia questionou ainda a vice-presidente da CMC sobre a possibilidade de se realizar um grande evento em Coimbra, que permitisse mostrar aos estudantes, aos conimbricenses e a todos os interessados um pouco sobre o seu país. Saloua Bahri gostaria de organizar um evento de cariz económico, que incluísse um grande sarau cultural já da parte da noite, e o espaço do Convento São Francisco foi um dos locais apontados para a realização do evento.

Rosa Reis Marques agradeceu a visita da embaixadora, mostrou-se satisfeita com a vontade de Saloua Bahri em estreitar relações com Coimbra, e afirmou que iria transmitir a conversa e as propostas efetuadas ao presidente da CMC, Manuel Machado. A embaixadora da Tunísia ficou também de enviar uma carta que formalizasse todas as sugestões apresentadas.